sam e dean supernatural
Sam e Dean Winchester | Fotografia: Katie Yu/The CW

Supernatural. As lições de vida e os melhores episódios que marcam o fim de uma era

Ainda que Supernatural nos tenha dito adeus na passada quinta-feira (19), 15 anos e 327 episódios depois, são muitas as marcas que os irmãos Winchester vão deixar naqueles que os acompanharam durante esta jornada.

Antes de aceitarmos que Sam (Jared Padalecki) e Dean (Jensen Ackles) nunca voltam aos nossos ecrãs como os irmãos caçadores de criaturas sobrenaturais, é altura de relembrar alguns momentos que fizeram da série aquilo que ela é hoje. Sempre com um ou outro demónio pelo meio, está na hora de relembrar os episódios mais divertidos, desde os cómicos sustos de Dean enquanto combatia a febre amarela ao azar de Sam que perdeu o sapato graças a uma pata de coelho.

A nostalgia não fica por aqui, até porque, humor à parte, foram muitas as lições marcantes que os Winchester nos transmitiram – da importância de dar uma segunda oportunidade a alguém que errou da primeira vez à necessidade de proteger a família a qualquer custo, o impacto de Sam e Dean em várias gerações é inegável.

Tall Tales – temporada 2, episódio 15

sam dean supernatural
Fotografia: The CW/Reprodução

Tall Tales foi o primeiro episódio a introduzir momentos cómicos na série. Cox era um professor universitário adúltero que morreu depois de seduzir uma das alunas. Sem pista alguma sobre o que está a acontecer, Sam e Dean pedem ajuda a Bobby (Jim Beaver), que chega à cidade pronto a investigar. Os irmãos entram em conflito quando Sam perde o computador e Dean perde o carro, pensando que estão a ser alvo de partidas um do outro, mas Bobby descobre que é tudo obra de um demónio que adora partidas.

Bad Day at Black Rock – temporada 3, episódio 3

Construir um episódio inteiro à volta de um pé de coelho amaldiçoado é uma manobra de génio. Dean atende uma chamada do antigo telemóvel do pai, alertando-o que alguém invadiu o armazém secreto de John em Nova Iorque. Quando se deslocam ao local, descobrem que um pé de coelho foi roubado e ligam a Bobby, que os alerta para a maldição do objeto: se tocarem no pé e depois o perderem, morrem. Infelizmente, Sam tocou no objeto, o que lhe deu muita sorte, mas quando lha roubam, uma série de eventos hilariantes acontece.

Mystery Spot – temporada 3, episódio 11

dean winchester

Enquanto Sam e Dean investigam o desaparecimento de um homem, Dean é baleado e morto pelo proprietário do local. Sam fica arrasado por perder o irmão mas acorda na manhã seguinte com Dean vivo e de boa saúde. Conforme o dia se desenrola, Sam percebe que está a reviver o dia anterior com o propósito de evitar a morte do irmão, mas sem sucesso, porque Dean continua a morrer de formas ridiculamente engraçadas e o irmão parece nunca o conseguir salvar.

Yellow Fever – temporada 4, episódio 6

Os Winchester investigam as mortes misteriosas de vários homens que aparentemente morreram de susto. Ao visitar uma das vítimas na morgue, Dean fica infetado com a mesma doença que começa por se manifestar com ansiedade e vai avançando para um terror que leva à morte. Sam e Bobby trabalham juntos para encontrar a raiz da doença e uma forma de a curar antes que Dean morra e seja enviado de volta para o Inferno.

The Curious Case of Dean Winchester – temporada 5, episódio 7

supernatural

Sam e Dean descobrem que uma bruxa que lidera um jogo de póquer em que os jogadores apostam anos de vida em vez de dinheiro. Preso a uma cadeira de rodas, Bobby vê o jogo como uma oportunidade de ficar curado e aposta 25 anos, mas perde. Quando começa a envelhecer rapidamente, Dean intervém mas também acaba por se transformar num velho, deixando para Sam a responsabilidade de reverter a situação.

Changing Channels – temporada 5, episódio 8

supernatural
Fotografia: The CW/Reprodução

Supernatural não desilude no humor. Os irmãos ficam presos num universo alternativo onde têm de interpretar personagens ridículas em várias séries de televisão – um drama médico, uma investigação criminal, uma sitcom e um jogo japonês. Quando percebem que a única maneira de sair deste mundo é fazerem parte do jogo, o anjo Castiel (Misha Collins) aparece e avisa-os que se não saírem rapidamente dali, podem ficar presos para sempre.

The French Mistake – temporada 6, episódio 15

A acidental viagem para uma dimensão alternativa leva os Winchester às gravações de Supernatural, onde são tratados como Jared Padalecki e Jensen Ackles e não Sam e Dean. Ao chegar a um mundo onde parecem ser famosos atores, são obrigados a contracenar em cenas para a série, descobrem que não têm uma boa relação com Castiel, ao contrário do que acontece na série, e que Sam é casado com Ruby (Genevieve Padalecki), um demónio.

Party On, Garth – temporada 7, episódio 18

party on garth
Fotografia: The CW/Reprodução

Dean fica surpreendido ao receber um telefonema de Garth (DJ Qualls), um caçador que pede ajuda dos irmãos para investigar um caso. Sam e Dean rapidamente descobrem que estão a lutar contra um Shojo, uma criatura japonesa enviada em busca de vingança contra os inimigos. A pior (ou melhor) parte é que só se consegue ver e lutar contra um Shojo enquanto se está bêbado. Supernatural no seu melhor.

Dog Dean Afternoon – temporada 9, episódio 5

dean winchester

Enquanto investigam dois assassinatos bizarros, Sam e Dean percebem que há uma testemunha ocular de ambas as mortes – um pastor alemão. Ansiosos para descobrir com que criatura sobrenatural estão a lidar, os Winchester procuram um feitiço que permite a Dean comunicar com o cão. Infelizmente, o feitiço vem com efeitos secundários que ninguém previu e Dean passa a comportar-se também como um cão.

Bad Boys – temporada 9, episódio 7

dean winchester supernatural
Dean Winchester enquanto adolescente | Fotografia: The CW/Reprodução

Quando Dean recebe um telefonema de um homem do seu passado, os Winchester viajam para uma casa de correção em Nova Iorque onde Dean passou alguns meses quando era adolescente. Enquanto um fantasma assustador persegue uma criança, por estar preso à Terra, mergulhamos num período nunca explorado do passado de Dean que nos revela a possibilidade que Dean teve de viver uma realidade que não envolvia ser caçador.

Fan Fiction – temporada 10, episódio 5

O episódio número 200 ficou marcado por 45 minutos de grandes emoções. Sam e Dean vão investigar o desaparecimento de uma professora numa escola que, por coincidência, está a ensaiar um musical baseado na vida dos irmãos. O episódio é, assim, uma bonita homenagem aos fãs de Supernatural que inclui humor, lágrimas e ainda uma comovente atuação da icónica música Carry on Wayward Son.

About a Boy – temporada 10, episódio 12

sam e dean
Sam e Dean em adolescente | Fotografia: The CW/Reprodução

Sam encontra um caso para investigar – as pessoas estão a evaporar-se (literalmente) e apenas as roupas são deixadas para trás. Sam e Dean suspeitam de fadas ou anjos, mas a verdade é ainda mais surpreendente: Hansel, de Hansel and Gretel, está a sequestrar pessoas para as transformar nos seus ‘eus’ mais jovens. Infelizmente, Dean torna-se numa das vítimas de Hansel quando se vê a ter 14 anos outra vez.

Scoobynatural – temporada 12, episódio 16

Quem diria que, ao fim de 12 anos, os guionistas ainda tivessem criatividade para inovar. Num crossover de Supernatural com a série de animação Scooby Doo, Sam, Dean e Castiel são transportados, através de uma televisão um tanto ou quanto mágica, para este mundo animado de Scooby Doo. Assim, o trio une forças com os investigadores da Mystery, Inc para, juntos, resolverem este mistério fantasmagórico.

“Saving people, hunting things, the family business”

dean winchester
Fotografia: The CW/Reprodução

Desde a primeira temporada de Supernatural que este lema definiu as ações dos irmãos Winchester durante 15 anos. Agora que uma era chegou ao fim, relembramos alguns dos conselhos mais úteis que aprendemos através das personagens ao longo de três centenas de episódios.

Vingança nunca é a solução

O pai de Sam e Dean, John Winchester (Jeffrey Dean Morgan), achava que a sede de vingança era mais importante que ser pai. Como consequência, esse comportamento destruiu a oportunidade de os filhos terem uma vida normal e feliz. Claro que eles mataram o demónio dos olhos amarelos que matou a matriarca Mary Winchester (Samantha Smith) mas, naquela altura, a família já estava condenada a uma vida de caça. Ao longo dos episódios, os irmãos provam que o melhor é agir com consciência e seguir em frente.

Vais sempre a tempo de te tornar numa pessoa melhor

O Castiel que conhecemos e adoramos nem sempre foi boa pessoa. Após seguir ordens ingratas por pensar que os fins justificavam os meios, o anjo começou a reconhecer que podia ter seguido um caminho melhor e toma a decisão de se revoltar contra o Céu e todos aqueles que conhecia, escolhendo salvar o mundo em vez de o destruir. Ao acreditar na missão de ajudar os humanos, Castiel tornou-se numa pessoa melhor.

Aprende com os teus erros e tenta não os repetir

Sam, Dean e Castiel sempre tomaram as decisões que pensaram ser certas, mas essas ações nem sempre levaram a bons resultados. Na 5.ª temporada, Sam bebeu sangue de demónio para derrotar toda a espécie, evitar um apocalipse e impedir que Lúcifer (Mark Pellegrino) saísse do Inferno, mas tudo correu mal. Ao invés de desistir, Sam impediu acabou por impedir Lúcifer de destruir o mundo mas sacrificou-se para o enviar de volta ao Inferno. Também durante as temporadas 6 e 7, Castiel achou que era boa ideia abrir o Purgatório para evitar o apocalipse. Esta má decisão acabou por atrair milhares de almas monstruosas para a Terra, mas quando o anjo se apercebeu do erro, já era tarde demais. Para remediar o erro, Cass ajudou a fechar os portões do Purgatório e enviar as almas de volta. O importante é reconhecer que erramos e darmos o nosso melhor para não os repetir.

Por mais impossível que algo pareça, nunca desistas

Em Supernatural, foram inúmeras as vezes que Sam e Dean foram colocados em situações das quais a maioria das pessoas teria desistido. Em vez de seguir o caminho mais fácil, os irmãos trabalharam juntos para derrubar qualquer obstáculo que estivessem a enfrentar. Os Winchester derrubaram Lúcifer, a Escuridão, os Homens de Letras Britânicos, Metatron, anjos, demónios e outras criaturas sobrenaturais. Por mais difícil que parecesse, eles nunca desistiram de salvar o mundo e ensinaram-nos que, por mais ínfima ​​que seja a probabilidade, temos sempre uma escolha: aceitar o fracasso ou lutar.

Perdoa os outros e, mais importante, perdoa-te a ti mesmo

No episódio Who We Are (temporada 12), Dean tem uma conversa telepática com a mãe e confessa-lhe que acha injusto Mary ter vendido a alma pois essa decisão só arruinou a vida dele e do irmão. No entanto, Dean admite entender porque, no final de contas, também já cometeu uma boa dose de erros e acaba por perdoar Mary. Depois disto, Mary acorda antes de Dean e salva-o antes que Ketch o mate. Talvez tenha sido o perdão de Dean que permitiu a Mary perdoar-se a si mesma e dar-lhe força para lutar por uma nova vida com os filhos.

Caso este pequeno throwback te tenha deixado demasiado emocional, aqui fica a nossa remissão – uma compilação dos melhores bloopers das gravações de Supernatural.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
godzilla vs. kong
‘Godzilla vs. Kong’. Novo trailer mostra batalha épica entre monstros do cinema