The Weeknd After Hours
Fotografia: The Weeknd

The Weeknd reforça críticas aos Grammys e é apoiado por Elton John e Drake

O cantor The Weeknd voltou a recorrer às redes sociais para demonstrar o seu descontentamento, após não ter sido nomeado para os Grammy Awards de 2021. O sentimento de injustiça é partilhado por outros artistas, de Elton JohnDrake.

Esta terça feira (24), as nomeações para a cerimónia anual dos Grammys foram divulgadas. Um evento deste tipo gera sempre revolta, especialmente da parte dos fãs, que podem ficar desiludidos pelo seu artista preferido não ter a possibilidade de receber um galardão. No entanto, este ano as revoltas foram levadas a um extremo.

Para choque geral, o cantor canadiano Abel Tesfaye, mais conhecido por The Weeknd, não recebeu qualquer nomeação. Em março, Tesfaye lançou o álbum After Hours, desde logo bem-sucedido em vários rankings mundiais, tendo-se estreado no primeiro lugar do top da Billboard, com mais de 400 mil vendas. Para além disso, o single ‘Blinding Lights’ quebrou recordes, e foi uma das músicas mais ouvidas dos últimos meses.

Após ter utilizado o Twitter para denunciar a organização dos Grammys como “corrupta” e exigido “transparência” não só perante ele próprio, mas perante os fãs (num tweet que teve mais de 300 mil partilhas), o cantor continuou a servir-se da rede social para expressar o seu desagrado. “De planear uma atuação em conjunto durante semanas para não ser convidado? Na minha opinião, zero nomeações = não estás convidado!, escreveu o intérprete.

A TMZ avançou que, alegadamente, os Grammys fizeram um ultimato a Tesfaye, forçando-o a escolher entre atuar na cerimónia ou no famoso intervalo da 55ª Super Bowl americana. Segundo o site, a decisão do artista em atuar no evento desportivo pode ter-lhe custado um lugar nas nomeações.

Os internautas foram rápidos a reagir a esta notícia, denominando o sucedido como uma “injustiça” e um “roubo”. Do mesmo modo, também alguns artistas mostraram a sua surpresa e revolta. O cantor inglês Elton John, através de uma publicação no Instagram, mostrou o seu apoio: “Na minha humilde opinião, Blinding Lights é a Canção do Ano”. O cantor Akon também escreveu que “os Grammys roubarem o The Weeknd é marado”. 

Drake foi mais longe ao afirmar que é preciso aceitar que, “o que uma vez foi a maior forma de reconhecimento, talvez não tenha mais importância para os artistas atuais e os que virão depois”. Para o rapper, o artista seria uma certeza nas categorias de Álbum e Canção do Ano, “mas nunca é assim”. A também rapper Nicki Minaj partilhou a declaração que Drake publicou nas stories do Instagram.

Apesar de não estar presente nas nomeações, The Weeknd teve um ano de sucessos contando, recentemente, com oito nomeações e vários prémios nos American Music Awards, entre eles o de Melhor Artista Masculino de Soul e R&B. O cantor venceu ainda o prémio mais relevante dos MTV Video Music Awards, Vídeo do Ano.