o preço certo
Fotografia: EF/D.R.

‘O Preço Certo’. Qual é o segredo para a vida eterna?

O Preço Certo está no ar há quase duas décadas nos finais de tarde da RTP1. Desde 2003 com o comando de Fernando Mendes, parece o formato que nunca se gasta. Mas porque é que isto acontece?

O Fita Isoladora, podcast do Espalha-Factos, analisa os motivos para a durabilidade e resistência do concurso, que tem sobrevivido à era da televisão de desgaste rápido. Tudo muda, menos O Preço Certo, que já combateu outros concursos, reality-shows, séries juvenis, telenovelas, talk-shows, informação e até programas de apanhados.

O painel formado por João Malheiro, Pedro Miguel Coelho e Tiago Serra Cunha convida Gonçalo Marques Barbosa, cronista do EF, para discutir o tema na segunda parte do episódio deste sábado (21).

Fernando Mendes interage “com qualquer pessoa que lhe apareça à frente”

Há uma conjugação de vários fatores que explicam esta sobrevivência tão longa. Começa logo pelo formato, que é um bom formato, um formato de sucesso que foi replicado em vários países, em que o próprio original, dos Estados Unidos, The Price is Right, também ainda hoje perdura, (…) além disso, Fernando Mendes, que é um dos principais fatores para este sucesso, é uma pessoa altamente carismática, um apresentador muito dinâmico, que tem capacidade de interagir com qualquer pessoa que lhe apareça à frente e isso é o outro fator essencial“, considera Gonçalo.

O apresentador de O Preço Certo é, atualmente, uma das caras mais populares da televisão portuguesa, e responsável pelas maiores audiências da estação pública, onde o concurso é, repetidamente, o programa mais visto, chegando mesmo a aproximar-se das telenovelas de horário nobre.

Lê também: 12 programas que fizeram história na televisão portuguesa

A análise aos públicos do programa, mas também aos fatores que levam à fidelização do espectador com um formato que, todos os dias, mantém a mesma estrutura, são também abordados naquele que é um episódio especial do Dia Mundial da Televisão, que se celebra a 21 de novembro.

Os outros temas desta edição são as memórias mais marcantes da televisão portuguesa, num bloco de abertura especialmente nostálgico, e ainda O Futuro da TVI, numa análise às promessas e propostas feitas por Cristina Ferreira esta quinta (19).

podcast, que já está disponível para audição, tem todos os episódios para escuta nas plataformas SpotifyApple PodcastsGoogle PodcastsAnchorBreaker e RadioPublic.

Mini-episódios desta semana:

 

Mais Artigos
Programas que falharam em Portugal: Jogo de Todos os Jogos
8 adaptações de formatos de sucesso que não resultaram em Portugal