Dia de Cristina
Dia de Cristina/Divulgação

‘Dia de Cristina’ e ‘Big Brother’ levam TVI à liderança

Depois de ter estado suspenso duas semanas, o programa de Cristina Ferreira voltou a ganhar

A emissão desta terça-feira (10) de Dia de Cristina e os três blocos diários dedicados ao reality Big Brother – A Revolução colocaram a TVI na primeira posição da grelha de audiências, no total diário. A estação de Queluz de Baixo conseguiu liderar de manhã, à tarde e ao final da noite.

Depois de duas semanas em isolamentoCristina Ferreira voltou à antena de Queluz de Baixo para mais uma emissão do formato de daytime. Dia de Cristina liderou durante o espaço da manhã, com 4,1% de audiência média e 22% de quota de mercado, fidelizando, em média, 387 mil telespetadores.

Logo atrás, ficou a aposta da SIC. Diana Chaves e João Baião conseguiram liderar, em termos de share, durante praticamente uma hora, das 10h30 às 11h30. Ainda assim, Casa Feliz ficou na vice-liderança, com 3,7% de audiência média e 19,7% de quota de mercado, acompanhado por uma média de 349 mil telespetadores.

Com menos 100 mil telespetadores e na terceira posição do horário, ficou a estação pública. Praça da Alegria registou 2,5% de audiência média e 13,9% de quota de mercado, sendo seguido por 241 mil telespetadores.

Dia de Cristina
Cristina Ferreira recebeu Maria Cerqueira Gomes e Rita Pereira. Fotografia: Dia de Cristina/Divulgação

À tarde, o cenário entre as estações privadas foi em muito semelhante. Dia de Cristina (4,3%/18,7%) continuou vitorioso, com Júlia (3,9%/16,2%) a liderar em parte da emissão. Em média, o programa de Cristina Ferreira ocupou o primeiro lugar, com uma audiência absoluta superior – cerca de 408 mil telespetadores. Foi a primeira vez que o formato da TVI bateu a concorrência da SIC.

Júlia Pinheiro marcava mais, em termos de share, das 17h20 até cerca das 18h. Em média, o programa vice-liderou, conquistando números também superiores ao matutino – cerca de 365 mil telespetadores. Em contraciclo, a terceira posição da estação pública à tarde fez-se com números mais reduzidos. A Nossa Tarde (2% / 9,3%) foi acompanhado por uma média de 187 mil telespetadores.

Big Brother lidera em dose dupla

Big Brother

O primeiro bloco da tarde dedicado ao reality da estação conseguiu a liderança, consolidando uma tendência de crescimento que se vinha a registar nos últimos dias. Dos três blocos do dia dedicados ao Big Brother – A Revolução, apenas o último da tarde não liderou.

Última Hora (7,2%/18,1%) marcou os valores máximos de audiência média e quota de mercado desde a estreia, acompanhado por uma média de 677 mil telespetadores. A essa hora, Viver a Vida (6,5%/16,9%), vice-líder, marcava o valor mais baixo de audiência média desde a estreia. Em terceiro, ficava o Portugal em Direto (5,4%/15,6%), que tinha sido líder na tarde desta segunda (9).

Já na faixa de acesso ao prime-timeDiário (8,1%/16,7%) desceu para terceiro. Ainda assim, o bloco conseguiu bater o valor de audiência média mais elevado que havia sido registado desde a estreia. Em segundo e a uma escassa distância da TVI, ficava a novela da Globo Êta Mundo Bom! (8,2%/17,2%). A liderar a faixa horária, Fernando Mendes segurava 1 milhão 140 mil telespetadores com O Preço Certo (12%/25%).

Ouve o último episódio do podcast De Olho no Big Brother:

Ao final da noite, a TVI voltou a ganhar com o Big Brother. A emissão do Extra (3,2%/19,5%) liderou confortavelmente durante toda a exibição, fidelizando uma média de 307 mil telespetadores. Ao mesmo tempo, Totalmente Demais (3,2%/17,3%) marcava o mínimo de quota de mercado.

No total do dia, a TVI (19%) liderou, a umas escassas três décimas da segunda colocada, a SIC (18,7%). A RTP1 marcou 13,1% e, no Cabo, a CMTV registou 3,9%.

Mais Artigos
Invincible numa pose heróica
‘Invincible’ da Amazon recebe novo trailer e data de lançamento