Chicago Fire

Chicago Fire, P.D. e Med estão de volta com novos episódios

As novas temporadas têm estreia marcada para Quarta-Feira, dia 11 de Novembro, na NBC

As novas temporadas de Chicago Fire, Chicago P.D. e Chicago Med têm estreia marcada para dia 11 de novembro, na NBC. As séries já foram renovadas para mais três temporadas.

Chicago Fire despede-se de uma personagem

 

Em Chicago Fire, várias linhas do enredo ficaram pendentes. No final da oitava temporada, Kidd começou o programa Girls on Fire, uma forma de ensinar jovens raparigas a ter mais confiança através de exercícios de equipa. No entanto, uma das suas alunas desapareceu, pelo que fica a questão de que se pode encontrar em apuros.

Também ficámos sem saber como correu a entrevista de Emily Foster (Annie Ilonzeh) para o curso de Medicina, e se vai aproveitar a oportunidade. Apesar de a situação ter ficado em aberto, já sabemos que atriz não vai regressar à série. Em compensação, uma nova paramédica irá juntar-se à série. Gianna Mackey (Adriyan Rae) é descrita como “propensa a sarilhos com um brilho nos olhos”.

Brett (Kara Killmer), que na temporada anterior lidou com a morte da mãe biológica e com a mudança do pai da sua irmã para outra cidade, vai continuar a atravessar dificuldades. Ainda assim, vai ser acompanhada por Casey (Jesse Spencer), visto que foi confirmado que nesta nova temporada vai ter um papel importante na história de Brett. Por fim, Ritter (Daniel Kyri) vai ter mais tempo de ecrã. O ator que dá vida ao jovem bombeiro foi promovido ao elenco regular.

Chicago P.D. vê o regresso de Voight

Chicago P.D.
Chicago P.D.

Em Chicago P.D., o fim abrupto da série fez com que existam várias questões à espera de resposta. Atwater (LaRoyce Hawkins) terminou a sétima temporada rodeado de luzes azuis, um presságio de que os amigos de Doyle (Mickey O’Sullivan) não vão deixar a sua morte passar em branco. Upton (Tracy Spiridakos), que tinha sido enviada por Voight (Jason Beghe) para Nova Iorque para trabalhar com o FBI, depois de ultrapassar os limites num caso, vai regressar. Não conseguiu voltar na temporada anterior devido aos contratempos causados pelo coronavírus, mas voltará ao elenco na oitava temporada.

Foi também confirmado que Upton e Halstead (Jesse Lee Soffer) vão finalmente tentar uma relação, apesar de esta não surgir sem complicações. Além dos assuntos pendentes, um novo xerife vai juntar-se ao elenco. A Superintendente Samantha Miller (Nicole Ari Parker) vem de Atlanta e é defensora da reforma policial. Ao contrário de Voight (Jason Beghe), é alguém que não irá tolerar que regras e protocolos sejam quebrados.

Vanessa Rojas (Lisseth Chavez) não irá regressar, visto que a atriz vai fazer parte de DC Legends of Tomorrow.

Chicago Med aposta no amor

Chicago Med

No que diz respeito a Chicago Med, a nova temporada vai continuar a seguir a história de Natalie (Torrey DeVitto) e Crockett (Dominic Rains). Esta ficou em aberto devido ao final abrupto da temporada anterior. As personagens tornaram-se mais próximas depois de um mal entendido no último episódio, em que Natalie acabou por ilibar Crocket de uma acusação de assassinato.

Vai ainda haver um foco na relação de Will (Nick Gehlfuss) e Hannah (Jessy Schram), pois Will terá de decidir se confia que Hannah não lhe está a mentir sobre a sua sobriedade. Por último, vamos também descobrir em que pé se encontram Ethan (Brian Tee) e April (Yaya DaCosta) depois dos eventos do último episódio, em que Ethan admite estar arrependido de estragar a relação com April.

Tanto Chicago Fire como Chicago P.D. retomaram a produção em outubro, depois de terem sido obrigadas a suspender as gravações em março devido à pandemia de Covid-19. Já Chicago Med retomou a produção em setembro. No entanto, devido a um membro da produção ter testado positivo para Covid-19, as gravações tiveram de ser novamente suspensas por um período de duas semanas.

Em Portugal, é possível acompanhar Chicago Fire no AXN PortugalChicago P.D. e Chicago Med estão em exibição na FOX Portugal.