Grammy

Grammys mudam categoria ‘Músicas do Mundo’ por conotações colonialistas

A categoria intitula-se agora 'Música Global'

Os Grammys mudaram o nome da categoria de Melhor Álbum – Músicas do Mundo para Melhor Álbum – Música Global. O objetivo é evitar conotações com o colonialismo e o imperialismo.

Para a Recording Academy, responsável pela organização dos Grammys, a mudança era necessária. A organização anunciou, em comunicado, que continua a “abraçar uma mentalidade global. Ao longo do verão conversamos com artistas, etnomusicologistas, e linguistas de todo o mundo que determinaram que havia oportunidade para atualizar o nome da categoria para um termo mais relevante, mais moderno e mais inclusivo“.

O termo “músicas do mundo” apareceu no Reino Unido, em 1987, para promover artistas e álbuns não-ocidentais. A Recording Academy criou a categoria cinco anos mais tarde, em 1992. Ravi Shankar e Gilberto Gil fazem parte da lista de vencedores deste prémio. No entanto, o termo já tinha começado a cair em desuso. Por exemplo, o jornal britânico The Guardian deixou de o utilizar em junho de 2019, uma decisão seguida de um artigo em que explicava que o termo é visto como ultrapassado pelos artistas e pelas editoras.

Mas as mudanças não se ficam por aqui. A categoria de Melhor Álbum de Música Urbana Contemporânea foi alterado para Melhor Álbum de R&B Progressivo, por se considerar o termo inapropriado para descrever a música feita por artistas negros. O rapper Tyler, The Creator mostrou desagrado para com a categoria no passado. Por sua vez, a Republic Records, que assina artistas como Ariana Grande e The Weeknd, já parou de usar o termo.

Contudo, a academia manteve o mesmo termo para o contexto da música latina. O prémio, intitulado de Melhor Álbum Pop Latino, passou a chamar-se Melhor Álbum Latino Pop ou Urbano. A organização renomeou ainda a categoria Melhor Desempenho Rap ou Cantado para Melhor Performance Melódica, como forma de representar o “crescimento híbrido das performances de rap”.

Por fim, os Grammys revelaram a atribuição do prémio Artista Revelação vai sofrer alterações. Deixará de ser entregue a um artista cuja carreira tenha começado necessariamente no ano de atribuição do prémio. Ou seja, o galardão poderá ser entregue a artistas cuja carreira começou há mais tempo, mas que tenha registado um crescimento significativo durante o período de tempo em questão.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
‘Avatar’ tem uma nova casa e um filme a caminho