Lady Gaga
Fotografia: EF via Reprodução

Lady Gaga recria visuais para apelar ao voto nas eleições norte-americanas

A cantora incentivou os fãs a votarem na próxima terça-feira (3) através de uma viagem pelo seu guarda-roupa.

Com as eleições norte-americanas cada vez mais próximas, Lady Gaga encontra uma forma original de levar os fãs às urnas. De The Fame a Chromatica, nenhuma indumentária entre as mais reconhecidas ficou de fora no novo vídeo da cantora, focado em apelar ao voto de todos os cidadãos.

Numa carta dirigida aos que “não têm um plano para votar, estão indecisos, pessoas que não têm a certeza se acreditam em votar de todo”, Gaga relembra, via Instagram, a importância da voz de cada um para decidir o futuro do país.

“Talvez estejas farto de toda a luta ou frustrado relativamente à Covid e não queres lidar com isto. Talvez não gostes de nenhum dos candidatos. Talvez te sintas tão desencorajado pelo estado desta nação que decidiste que não acreditas em votar e achas melhor não fazer parte do sistema, do sistema que não gostas. Se queres mudar o sistema e queres que este país seja diferente do que é agora, tens de participar nesta eleição”, afirma.

O elemento surpresa esteve, todavia, na viagem pelo guarda-roupa de Gaga. Nas palavras da artista, por muitos vestidos de carne, franjas exuberantes e chapéus loucos utilizados ao longo dos anos, as suas convicções nunca mudaram. “Pode parecer que eu mudei e mudei, mas há uma coisa que nunca mudou que é a minha voz e aquilo em que acredito. A minha voz vai ser ouvida durante esta eleição. A tua também?”, desafia.

Todos os votos contam

O sentido de voto de Lady Gaga não constitui segredo. Nos últimos meses, a cantora trabalhou com o candidato à presidência Joe Biden em várias iniciativas dedicadas ao auxílio de vítimas de abuso sexual. Ainda assim, há espaço para todos nesta eleição, facto que a própria não esquece.

“Vamos ser honestos, tu sabes em quem é que eu votei. Mas acredita em mim e ouve-me, mesmo que discordes de mim, o teu voto ainda conta para o mundo.”, relembra a artista.

Durante o mês de outubro, a cantora tem vindo, também, a publicar alguns segmentos enquanto Stefani Germanotta, o seu nome verdadeiro, com o intuito de chamar à atenção para este momento tão relevante. Através de informações sobre o processo eleitoral, músicas, ou ideias de snacks para as longas filas à porta das urnas, a importância de um voto consciente não podia ser mais clara.

As eleições norte-americanas acontecem na próxima terça-feira, dia 3 de novembro. Donald Trump (Partido Republicano) e Joe Biden (Partido Democrata) são os candidatos à Casa Branca.

Lê também: EUA: Caos e ordem. De que se fizeram os debates entre Trump e Biden
Mais Artigos
Inês Aires Pereira
Inês Aires Pereira é a nova aposta para ficção da TVI