Halloween: 6 atividades para celebrar o Dia das Bruxas em casa

O Espalha-Factos dá-te a conhecer fenómenos, livros, eventos online e canções para aproveitares o dia da melhor forma.

O evento mais esperado pelos admiradores de sustos e terror chegou e, apesar de não poder ser celebrado da maneira convencional, há muitas maneiras de te entreteres em casa no Halloween de 2020.

Lua Azul, livros de terror, eventos online e canções. O Espalha-Factos reuniu as melhores atividades para que o Dia das Bruxas continue a ser memorável.

Observar a Lua Azul

Lua Azul
Fotografia: Pexels

Devido ao alinhamento com os outros astros ou com a Terra, a lua pode surgir em diferentes formatos ou mesmo cores, intrigando os homens desde as antigas civilizações.

Na noite deste Halloween podes ver a Lua Azul, a segunda lua cheia do mês. Apesar do nome, esta lua, assim como todas as outras, apresenta as cores cinza claro, branco leitoso ou prateado. Para este fenómeno ocorrer é necessário que a primeira lua cheia ocorra no primeiro ou segundo dia de um mês com 31 dias.

Geralmente, a Lua Azul aparece a cada dois anos e meio, devido ao intervalo de tempo com a primeira lua cheia. Isto significa que a próxima Lua Azul só voltará a aparecer em outubro de 2023.

Dançar no Halloween Club Night com Pabllo Vittar

Pablo Vitar faz evento de Halloween
(Fotografia: Instagram/Pablo Vittar)

O Halloween Club Night é uma proposta de festa de Halloween em casa, com uma ajudinha de Pabllo Vittar.

O evento tem a duração de 18 horas e acontece a partir das 12h00 de hoje. O festival em streaming via Twitch, apesar de ser gratuito, tem o objetivo de sensibilizar pessoas para a campanha da National Independent Venues AssociationSave our Stages”, para salvar a cultura em tempos de pandemia.

O festival acontece em parceria com o site IMVU, de avatares digitais em 3D, e terá direito a seis palcos digitais onde poderás ouvir: Nina Kraviz, Maya Jane Coles ou Christine and The Queens. No palco de Pabllo Vittar vão estar também a DJ brasileira Milian Dolla e a dupla canadiana Purity Ring. Apesar da entrada ser gratuita deves registar-te no site e app Dice.

Ouvir MOONSPELL em ‘livestream

Moonspell em livestream no Halloween
(Fotografia: Instagram/MOONSPELL)

Se o que querias mesmo era estar num concerto, não te preocupes, os MOONSPELL levam-no até ti.

Há mais de 15 anos que os MOONSPELL são incontornáveis no Halloween e em 2020 não poderia ser diferente. A banda portuguesa de metal gótico vai celebrar a noite das bruxas com um concerto em Beja, mas promete transmiti-lo via live-streaming para quem não pode estar presente.

Em comunicado de imprensa, a banda referiu que, para além de uma boa companhia para a noite de Halloween, o concerto enfatiza  “também a importância de descentralizar este tipo de eventos e a oferta cultural que Portugal tem para oferecer”.

Os bilhetes para assistires ao concerto online ainda estão disponíveis.

Desvendar um escape game virtual

O Lado Negro da Magia é um escape game virtual, disponível de 31 de outubro a 2 de novembro. Criado pela Timeless Lisbon especialmente para celebrar o Halloween permite juntar amigos e família para desvendar mistérios à distância. Tem um preço de 5,99 euros e dá para jogar com equipas de duas a seis pessoas.

Ao Público a empresária Jéssica Bronze, co-fundadora da Timeless Lisbon, explicou que este é um jogo “para as pessoas se divertirem” enquanto “ajudam um bocadinho a suportar uma altura difícil para este sector [dos videojogos].”

Ler histórias de Terror aconchegado no sofá

Caso não sejas uma pessoa de filmes, podes sempre ler livros de terror. Vai buscar a manta, acende uma vela e prepara-te, vais navegar em histórias verdadeiramente assustadoras.

1..A Coisa

A obra de Stephen King retrata a história de sete adultos que regressam ao lugar onde cresceram para enfrentar um pesadelo em comum. Podes sempre ver os filmes, até porque o último saiu em 2019. Mas acredita, os detalhes descritos no livro são muito mais assustadores…

2. O Comboio Errado

A obra de Jeremy Quidt é constituída por oito contos, todos protagonizados por jovens, mas capazes de assustar pessoas de todas as idades. O livro parte da história de um rapaz que apanha o comboio errado e acaba por sair numa estação quase deserta, onde um velho acompanhado por um pequeno cão cinzento o convida a ouvir um conto para ajudar a passar o tempo.

Posto isto, só te posso dizer, “Cuidado para não saíres na estação errada …”.

3. Sobressaltos: terror por autores portugueses de BD

Esta antologia começou por ser uma banda desenhada de terror e acabou transformada numa obra que junta vinte momentos de horror, outros tantos sustos e “sobressaltos”.

Sobressaltos nasceu de um pedido por parte da organização do evento Sustos às Sextas para uma exposição ligada à banda desenhada de terror. Com o apoio de dois argumentistas, as histórias foram desenhadas por alguns dos melhores autores portugueses de BD: Álvaro, André Oliveira, Andreia Rechena, Bruno Caetano, Carlota Borba, Fernando Relvas, Filipe Alves, Joana Afonso, João Sequeira, José Lopes, José Smith Vargas, Luis Cavaco, Mosi, Nuno Rodrigues, Osvaldo Medina, Pedro Brito, Pepedelrey, Ricardo Drumond, Ricardo Santo, Rui Gamito, Rui Lacas e Tiago Pimentel.

Ouvir canções de Halloween sem medos

Por último, canções de Halloween… desta certamente não estavas à espera. Podes aproveitar a noite mais negra do ano para atualizares a tua playlist com alguns dos hits mais aterradores.

Bobby “Boris” Pickett & The Crypt-Kickers: ‘Monster Mash’ – É a primeira canção que muita gente associa ao Dia das Bruxas. Este êxito, que surgiu em 1962, tem várias versões feitas pelos Beach Boys, Bruce Springsteen ou Misfits.

Misfits: ‘Halloween’ – O single dos Misfits, lançado a 31 de outubro de 1981, tornou-se um hino punk alvo de várias versões. A música foi feita com o propósito de ser banda sonora de Halloween e, por isso, claro que não pode faltar à tua playlist (pelo menos por uma noite).

Screamin’ Jay Hawkins: ‘I Put a Spell on You’ – Um clássico. Suspeita-se que a música era para ser uma balada bluesy, mas tornou-se um tema violento e gutural.

Sabias que…

O Halloween é praticado há mais de três mil anos? Esta cerimónia surgiu com os celtas, povo que acreditava em diversos deuses relacionados com os animais e forças da natureza.

Os celtas celebravam o festival de Samhain, que iniciava a 31 de outubro e tinha a duração de três dias. Acreditava-se que, nesta noite, os mortos ressuscitavam e apoderavam-se dos corpos dos vivos. Por essa razão, a festa estava repleta de artefactos sombrios, com o intuito de afastar os espíritos.

Só mais tarde, durante a Idade Média, é que a Igreja começou a coordenar o evento, atribuindo-lhe o nome de Dia das Bruxas. Na tentativa de afastar a imagem obscura da cerimónia, a instituição católica promoveu alterações no calendário, trocando a data de celebração do Dia de Todos os Santos, que antes se festejava a 13 de maio, para dia 1 de novembro.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
web summit
Web Summit. Estes são os desafios do jornalismo em 2020