Cláudio Ramos BB 2020

Cláudio Ramos revela que não se sentiu “afastado” do ‘Big Brother’

Cláudio Ramos vai regressar ao Big Brother, ao lado de Teresa Guilherme, numa nova edição. No entanto, em entrevista à revista Lux, o apresentador assegura que não se sentiu “afastado” quando a colega foi escolhida para o substituir na apresentação do Big Brother – A Revolução.

“Não me senti afastado. Não de forma como muita imprensa usou a palavra”, assim começa por esclarecer Cláudio Ramos, em entrevista à publicação. Para além disso, o apresentador fez questão de acrescentar: “Nunca falei do assunto publicamente, mas gostava de deixar claro: fui convidado para fazer o Big Brother 2020 – e bem – nada me garantia a apresentação no seguinte”. Deste modo, Cláudio explica que foi a direção que quis Teresa Guilherme à frente da atual edição, algo que aceitou.

Por outro lado, o apresentador declara que não podia estar mais feliz com o regresso, na próxima edição. “Sabe-me bem, porque continuo apaixonado pelo formato”. Da mesma forma, afirma que “fazê-lo com a Teresa é a oportunidade de estar em palco com alguém, que muito e muitos anos, foi a cara do programa”.

De relembrar que foi durante o programa Dia de Cristina que foi revelada a nova parceria entre os dois apresentadores. Assim, surge a edição Big Brother: Duplo Impacto, que vai juntar concorrentes das duas edições deste ano. O programa chega à TVI em 2021.

A polémica da relação com Cristina Ferreira

Ainda na mesma entrevista, Cláudio Ramos esclarece os rumores acerca da má relação com a nova diretora de ficção e entretenimento da estação de Queluz de Baixo. Em declarações, sublinha que não duvida das boas decisões de Cristina Ferreira e que um afastamento era inevitável. “O afastamento era óbvio e natural, porque foi preciso um luto, assumi isso publicamente e, antes, tínhamos falado os dois, em privado, sobre o que precisávamos. Está mais que resolvido”, rematou.

Mais Artigos
Listen
Cinemas perdem 28 mil espectadores. ‘Listen’ é o mais visto da semana