Eurovisão
Fotografia: Eurovision.tv

Eurovisão. Sabe que países já escolheram representante para 2021

Daði og Gagnamagnið são a mais recente confirmação, mas vários países já anunciaram que os representantes de 2020 vão regressar no próximo ano

Daði og Gagnamagnið – grupo composto por Daði Freyr e outros intérpretes – vão regressar à Eurovisão para representar a Islândia em 2021. Mas há outros países que já escolheram o seu representante para o certame. O Festival Eurovisão da Canção regressa aos Países Baixos em maio do próximo ano, depois do cancelamento da edição de 2020 devido à pandemia de Covid-19.

Depois da suspensão do evento, a União Europeia de Radiodifusão (EBU) anunciou que as canções inicialmente escolhidas para a edição deste ano não podem voltar a concorrer em 2021. No entanto, vários países já decidiram que vão enviar o mesmo representante, com outra canção. A mais recente novidade é o regresso de Daði og Gagnamagnið, representantes da Islândia e um dos países favoritos na edição que não chegou a acontecer.

O grupo foi convidado diretamente pela RÚV, emissora islandesa, para voltar a representá-la em Roterdão. O país, que habitualmente utiliza um método de seleção semelhante ao português para o festival, já confirmou que não vai realizar o Söngvakeppnin (seleção nacional da Islândia) pela primeira vez em vários anos, com o objetivo dar oportunidade aos artistas de atuar no palco eurovisivo. No entanto, seguindo as regras excecionais impostas para 2021, a canção escolhida não poderá ser Think About Things, um dos temas favoritos este ano.

Desde o anúncio do regresso do festival no próximo ano, 38 países já confirmaram participação. Desses, 20 já anunciaram que os representantes escolhidos para 2020, internamente ou através de seleções nacionais, estarão de regresso. As novas canções vão ser escolhidas por equipas internas através de métodos distintos ou, em alguns casos, através de versões modificadas das habituais finais nacionais.

Regressam em 2021:
  • Espanha – Blas Cantó
  • Países Baixos – Jeangu Macrooy
  • Geórgia – Tornike Kipiani
  • Suíça – Gjon’s Tears
  • Grécia – Stefania
  • Bulgária – VICTORIA
  • Bélgica – Hooverphonic
  • Azerbaijão – Efendi
  • Ucrânia – GO_A
  • Israel – Eden Alene
  • Áustria – Vincent Bueno
  • Roménia – ROXEN
  • Austrália – Montaigne
  • República Checa – Benny Cristo
  • Malta – Destiny
  • Eslovénia – Ana Soklič
  • São Marino – Senhit
  • Letónia – Samanta Tīna
  • Moldávia – Natalia Gordienko
  • Islândia – Daði og Gagnamagnið

Dos restantes, há 13 países que já anunciaram que vão voltar a recorrer às habituais seleções nacionais ou escolhas internas. Excetuando a Estónia, que convidou Uku Suviste a integrar o alinhamento da próxima edição (além da Noruega, que convidou Ulrikke mas a artista decidiu recusar, e a Lituânia, com os The Roop ainda a decidir se aceitam o convite), nenhum pretende voltar a dar oportunidade ao artista ou grupo que tinha sido escolhido para 2020.

É o caso de Portugal, que já confirmou a nova edição do Festival da Canção, onde Elisa, vencedora e representante selecionada para 2020, não deverá voltar a participar.

Eurovisão Elisa Festival da Canção
Elisa seria a representante portuguesa na Eurovisão 2020. | Fotografia: Pedro Pina / RTP

Ainda em março, a cantora e Marta Carvalho, compositora do tema Medo de Sentir, foram informadas pela RTP que não deveriam participar como concorrentes novamente, considerando não fazer sentido uma nova participação. Ao Espalha-Factos a vencedora do Festival confessou que “gostava muito” de um dia ir à Eurovisão, mas que “é complicado”.

Não escolhem os mesmos representantes diretamente e vão fazer novas seleções:
  • Suécia
  • Estónia
  • Finlândia
  • Noruega
  • Lituânia
  • Dinamarca
  • Chipre
  • França
  • Croácia
  • Alemanha
  • Albânia
  • Itália
  • Portugal

IrlandaSérviaRússiaMacedónia do NorteArménia estão ainda a decidir os moldes da sua participação. Por sua vez, alguns países que concorrem habitualmente ainda não confirmaram de forma oficial a sua presença – é o caso do Reino UnidoPolónia Bielorrússia.

Festival Eurovisão da Canção acontece a 18, 20 e 22 de maio de 2021 em Roterdão, nos Países Baixos. A organização do festival, que se mantém sediado na arena Ahoy com os mesmos apresentadores, palco e slogan – Open Up -, tem em cima da mesa quatro planos para poder realizar a competição, de acordo com o evoluir da situação sanitária a nível global.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Web Summit
Web Summit 2020. O que esperar de uma edição totalmente digital