Emily in Paris

‘Emily in Paris’. Todas as curiosidades sobre a série do momento

Desde a sua estreia na Netflix, no passado dia 2 de outubro, que a série Emily in Paris tem dado que falar. As opiniões dividem-se: apesar da série ter atingido rapidamente o primeiro lugar no top dez da plataforma de streaming, muito críticos defendem que a série não só ridiculariza os parisienses, como também utiliza constantemente estereótipos.

Apesar das divergências de opiniões, quer tenhas gostado ou não de Emily in Paris, aqui estão algumas curiosidades sobre a série que está a dar que falar.

A companhia da protagonista Lily Collins

Durante as gravações de Emily in Paris, a atriz protagonista, Lily Collins, contou com a companhia do seu noivo e cineasta californiano, Charlie McDowell. O casal costumava ser muitas vezes avistado a passear numa trotinete elétrica pela capital francesa.

A vilã apaixonada por música brasileira

A atriz que desempenha o papel da vilã da série, Phillippine Leroy-Beaulieu, é fã de música brasileira e sabe até um pouco de português. Sylvie, o nome da sua personagem, é uma francesa sofisticada que detesta estrangeirismos, precisamente o contrário da atriz, que costuma ouvir artistas como Gilberto Gil, Djavan e João Gilberto.

Outra curiosidade sobre Phillipine é que a atriz é italiana e não francesa, sendo que nasceu em Roma e viveu lá até aos seus 16 anos. O seu pai, Philippe Leroy-Beaulieu, é um conhecido ator italiano.

A atriz que é também praticante de boxe

Quem a vê na sua personagem nunca imaginaria que Camille Razat costuma praticar boxe. Enquanto na série desempenha o papel de uma jovem doce, sensível e delicada, fora dos ecrãs Camille tem um treinador que a ajuda a praticar boxe nos mais diversos cenários: em casa, no ginásio ou até mesmo na rua.

A atriz afirma que boxe “é umas das minhas coisas favoritas do mundo”.

O ator mais internacional

Entre os vários atores franceses presentes em Emily in Paris, William Abadie, que desempenha o papel de Antoine, é aquele que tem a carreira mais internacional.

Tendo-se formado no prestigiado instituto nova iorquino, The Lee Strasberg Theatre Intitute, o ator fez participações em séries de sucesso como Sex And The City, Gossip Girl, Homeland e Gotham.

O sous-chef que se tornou ator

Antes de se tornar ator, Lucas Bravo, o chef Gabriel da série, foi sous-chef (o segundo na hierarquia numa cozinha profissional). Assim, no quarto episódio, quando Gabriel prepara uma omelete a Emily, a refeição foi realmente preparada por Lucas.

Lily Collins, a atriz que desempenha o papel de Emily, provou a iguaria e elogiou-a.

A presença portuguesa na série 

O prédio onde a protagonista habita fica no 1 da Place de l´Estrapade, no 5º arrondissement de Paris. É um edifício que data a 1775 e que se chama Maison Moreau.

Precisamente no lado esquerdo da Place de l´Estrapade localiza-se a Librairie Portugaise et Brésilienne (Livraria Portuguesa e Brasileira) que pertence ao francês Michel Chandeigne, que morou alguns anos em Lisboa e que, posteriormente, a fundou em 1986.

Foto: Librairie Portugaise et Brésilienn/Facebook

A atriz ativista

Na série, a atriz Ashley Park dá vida a Mindy, uma rapariga chinesa que é a melhor amiga de Emily. O que muitos não sabem é que Ashley, antes de enveredar pela carreira de atriz, sofreu de leucemia mieloide aguda.

Após vencer a doença, a atriz passou a colaborar com diferentes instituições de solidariedade, tendo há pouco tempo participado no movimento Black Lives Matter, em Nova Iorque.

Para além disso, muitos fãs também não sabem que a atriz na verdade não é chinesa, mas sim americana descendente de coreanos.

 

Mais Artigos
Capital
Crítica. ‘Capital no Século XXI’ e o estado moderno da desigualdade