Cinema

Cinemas com mais espectadores em setembro. 2020 continua muito negro

Setembro manteve a evolução positiva no número de espectadores nas salas de cinema. No entanto, os cinemas portugueses vivem um ano de forte queda pelo contexto de pandemia. Os dados são do Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA).

Em setembro, 359 mil pessoas foram ao cinema, o que corresponde a um valor de dois milhões de euros de receitas. Assim, o mês passado registou uma ligeira subida face a agosto, em que 276 mil e 206 espectadores se deslocaram aos cinemas.

De acordo com os dados do ICA, os números confirmam uma tendência crescente desde a reabertura dos cinemas em junho. A maioria das salas estiveram fechadas desde março por causa das medidas impostas pelo governo para conter a pandemia da covid-19. No primeiro mês de reabertura, apenas 3.232 espectadores foram às salas de cinema. Em julho, o número subiu para 78.579, com o número a alcançar os seis dígitos nos últimos dois meses.

Já a receita de bilheteira em junho apenas chegou aos 59 mil euros. Em julho, o primeiro mês completo desde a reabertura da atividade, o valor subiu para os 384 mil euros. Já em agosto e em setembro a bilheteira ultrapassou mesmo a cifra de um milhão de euros. 1,5 milhões de euros e dois milhões de euro alcançados, respetivamente.

2020 continua a ser muito negativo para os cinemas

After
Fotografia: Divulgação

Apesar da evolução positiva, o balanço anual até a esta altura não é nada animador. As perdas anuais em receitas e número de espectadores estão cifradas em 71%, face ao mesmo período de 2019 (de janeiro a setembro), segundo o ICA.

Nos primeiros 9 meses do presente ano, 3,2 milhões de espectadores foram às salas de cinema, enquanto que no mesmo período de 2019, se tinha alcançado 11,5 milhões. Já na receita bruta de bilheteira, o valor encolheu de 61,3 milhões de euros no ano passado para 17,7 milhões de euros em 2020, tendo em conta os primeiros três trimestres.

Quanto aos dois filmes mais vistos pelos portugueses em setembro, nenhum alcançou os 100 mil espectadores. After – Depois da verdade, de Roger Kumble com 96.234 espectadores, e Tenet, de Christopher Nolan, o primeiro blockbuster de Hollywood a estrear pós-confinamento, com 82.558 espectadores.

Quanto ao cinema português, a película mais vista no mês passado foi Ordem Moral, de Mário Barroso, com 7.797 espectadores. Ao todo em 2020 foram exibidas 543 longas-metragens nas salas de cinema, das quais 74 foram de produção portuguesa, 17 em estreia. Contudo, o cinema português representou menos de 2% da receita de bilheteira obtida e do número de espectadores (60.488).

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Em Família Manuel Luís Goucha Cristina Ferreira
Cristina e Goucha batem cinema da SIC e TVI lidera o dia