Dia de Cristina
Fotografia: Instagram

O dia não foi dela: Cristina Ferreira escorrega de manhã e perde à tarde

O Dia de Cristina perdeu, nas audiências, no período da manhã e da tarde, mostram os dados da GfK/CAEM a que o Espalha-Factos teve acesso.

No período matinal, o resultado do formato da TVI foi o pior desde a estreia, e no confronto direto com o concorrente Casa Feliz (entre as 10h35 e as 12h59), a SIC marcou 24,7% de share, enquanto a TVI se ficou pelos 24,1%.

Na média global, contudo, Cristina beneficiou de começar ligeiramente mais tarde, e teve uma audiência média de 4,4%, enquanto o concorrente, que começou meia hora mais cedo, e num período com menos espectadores ligados, teve 4,2% de audiência média.

Os dois canais alteraram na liderança, com o Casa Feliz a ter o seu período mais prolongado no primeiro lugar entre as 11h20 e as 12h30, quando era entrevistado o cantor Marco Paulo, que voltou a atuar pela primeira vez no programa da SIC. Na ponta final, com a Análise Criminal, Dia de Cristina voltou à dianteira.

Júlia volta a triunfar e empurra Cristina para pior resultado desde a estreia

Na parte da tarde, Júlia entrou no ar mais cedo que o habitual, com uma emissão especial, e conseguiu vencer, com 4,2% de audiência média e 20% de share. Cristina Ferreira, que ainda concorreu com a novela Amor à Vida (8% / 26,2%), desceu ao pior rating desde o arranque do novo programa: 4,1%, com um share de 16,8%.

Apesar disso, o talk-show da diretora de Entretenimento e Ficção conseguiu servir de impulso para o diário de Big Brother (7% / 16,3%), que chegou à melhor audiência média desde a estreia, mesmo ficando atrás de O Preço Certo (9,4% / 22%) e da telenovela Êta Mundo Bom! (8,7% / 21,2%).

Nos totais diários, a vantagem foi da SIC, com 20,8% de quota de mercado, ao passo que a TVI marcou 18,7%. A RTP1 ficou-se pelos 11,3% de share.

Outros destaques

  • A série documental Nós, Portugueses regressou à RTP1 com 7,4% de audiência média e 13,9% de share.
  • Nazaré (13,3% / 25,3%) voltou a subir acima dos 13 pontos de audiência média depois de dois dias com registos mais baixos. Amar Demais (11,2% / 21,6%) manteve o segundo lugar no horário e ficou também atrás de Terra Brava (11,4% / 25,5%), segunda telenovela da SIC.
  • Golpe de Sorte (7,6% / 21%) continua a perder às 23h, ultrapassada por Quer o Destino (10,3% / 26,9%).
  • Impulsionado pelo lead-in de Dia de Cristina, o Jornal da Uma (5,6% / 22%) arrancou a liderar, mas acabou por perder a dianteira para o Primeiro Jornal (6,6% / 25,6%) logo de seguida. O Jornal da Tarde (4,1% / 15,4%) ficou longe das privadas.
  • À noite, a vantagem da informação da SIC foi maior. Jornal da Noite (12,2% / 23,2%) abriu uma vantagem de mais de 200 mil espectadores sobre os concorrentes Jornal das 8 (9,6% / 18,3%) e Telejornal (8,9% / 17%).

 

Mais Artigos
Big Brother
Big Brother. TVI muda programação das galas do reality-show