Emily in Paris
Emily in Paris

‘Emily in Paris’. Nova série do criador de ‘Sexo e a Cidade’ estreia na Netflix

É já esta sexta-feira, dia 2 de outubro, às 8h da manhã, que Emily in Paris chega à Netflix. Protagonizada por Lily Collins, trata-se de uma comédia dramática norte-americana.

Foi Darren Star, criador do êxito Sexo e a Cidade, quem a idealizou e produziu. Pronto para as comparações, afirmou o seguinte à Variety: “Sexo e a Cidade foi lindo, mas esta série é espetacular. Muito cinemática. Agora, a televisão é muito mais parecida com cinema, e filmar em Paris foi importante. Por isso, tentámos que cada cena fosse grande. Filmámos mais como se fosse um filme e não uma série.”

Vamos ficar a conhecer a história de Emily Cooper (Lily Collins), natural de Chicago, que emigra para Paris após conseguir, inesperadamente, uma oportunidade de emprego na área do marketing – o seu sonho. Com a missão modificar a estratégia das redes sociais da empresa de luxo, a jovem, na casa dos 20, começa do zero noutro continente.

 

A temporada inaugural terá dez episódios, cada um com cerca de meia hora de duração. Todos contarão novas histórias da vida de Emily – os desafios na sua carreira, os novos amores (e desamores), as amizades que prosperam e aquelas sem futuro. Tudo isto enquanto nos deixamos deslumbrar pelas paisagens da capital francesa. Segundo a Netflix, “A nova vida de Emily em Paris está repleta de aventuras tóxicas e desafios surpreendentes, enquanto ela tenta manter o equilíbrio entre conquistar os seus novos colegas de trabalho, fazer amigos e experienciar novos romances.”

Sobre o choque cultural dos primeiros tempos, que é retratado na série, Darren Star disse à Variety que “a Emily não é totalmente aceite por algumas das personagens francesas – ela é uma rapariga americana, que vem para França e não fala, de todo, francês. Tem opiniões acerca de como as coisas devem ser feitas e acha que a ‘maneira americana’ nem sempre é a melhor. Comete muitos erros.” Tal como Emily, nós, espectadores, podemos aproveitar para aprimorar o nosso francês e, além disso, fazer uma reviravolta nos nossos armários. Oui, esta série outonal vai focar-se bastante em moda, não se tratasse de uma capital da mesma. Para obter os verdadeiros e irresistíveis looks parisienses, Darren Star fez questão de trazer consigo Patricia Field, a designer de figurinos de Sexo e a Cidade.

Mais Artigos
Crítica. ‘Sol Posto’: arte e bucolismo ao som de Capitão Fausto