Barack Obama

Livro de Barack Obama adia novamente o Booker Prize

O anúncio do vencedor do Booker Prize 2020 foi adiado dois dias para não coincidir com lançamento do livro do ex-presidente americano

O vencedor do Booker Prize 2020 vai ser conhecido com dois dias de atraso. O evento foi adiado para não coincidir com a publicação do livro de memórias de Barack Obama, lançado a 17 de novembro.

A cerimónia de entrega do prémio de ficção em língua inglesa foi novamente adiada. O vencedor que deveria ser conhecido no dia 17 de novembro vai agora ser revelado no dia 19 do mesmo mês. A razão do adiamento está relacionada com a publicação do livro de memórias de Barack Obama, que coincidia com o dia da cerimónia do Booker Prize. “Achámos que era infeliz que dois dos mais entusiasmantes eventos literários deste ano calhassem no mesmo dia, então decidimos dar aos leitores dois dias de intervalo”, partilhou Gaby Wood, diretora da fundação organizadora.

O livro do antigo presidente norte- americano, Uma Terra Prometida, será também publicado em Portugal, pela editora Objetiva, no mesmo dia. O anúncio do vencedor do prémio literário é normalmente feito no Guildhall, em Londres. O evento conta, habitualmente, com a presença de todos os nomeados, mas tal não vai ser possível este ano, devido à pandemia de Covid-19. Este ano a cerimónia realiza-se digitalmente a partir da Roadhouse. Gaby Wood garantiu que“detalhes sobre como assistir e participar serão anunciados em breve”.

Do grupo dos nomeados para o Booker Prize 2020 fazem parte Diana Cook com The New Wilderness, Tsitsi Dangarembga com  This Mournable Body, Avni Doshi com Burnt Sugar, Maaza Mengiste com a obra The Shadow King, Douglas Stuart com Shuggie Bain e ainda Brandon Taylor com o livro Real Life.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
sulli hara
Opinião. Um ano sem Sulli e a toxicidade da indústria do kpop