SIC Noticias
Fotografia: Sérgio Santos / SIC

Opinião. A normalização que queríamos que acontecesse

Foi um dos temas virais do dia. A SIC Notícias apresentou, este sábado (26), um jornalista “negro de rastas” como pivot. Nas redes sociais, vários internautas aplaudiram o momento de visibilidade da comunidade negra na comunicação social. Mas não só.

O tema acabou por dividir opiniões, como é normal quando tratamos deste tipo de assuntos socialmente fragmentantes. A mediatização deste assunto levantou por muitos uma questão: será esta “uma não notícia“? – e cito aqui um dos comentários publicados na rede social Facebook ao artigo publicado pelo Espalha-Factos.

Ora, dizem as Teorias da Comunicação que um dos critérios que determina o que deve ser notícia – os chamados valores-notícia – é a novidade. Um acontecimento novo, que não se enquadra no normal pode, assim, segundo este critério, ser convertido em notícia.

E será que este acontecimento traz algo de novo? A resposta, para mim, parece algo evidente. A diferença é algo que não tem sido bem visto e abraçado na comunicação social portuguesa. Temos melhorado nos últimos anos? Temos, sim, e há aqui que reconhecê-lo. Mas não podemos, de forma alguma, deixar que o pouco que existe tolde a nossa capacidade de reconhecermos que é preciso fazer mais.

É preciso que a cor da pele, a cultura, a etnia, o sotaque sejam encarados como elementos enriquecedores de uma redação, de um meio de comunicação, de uma qualquer empresa e não sirvam como obstáculos. É por isso que é importante que saibamos saudar quando há um passo dado na direção da mudança.

Faria sentido noticiar este momento como alguns seguidores sugerem: “SIC Notícias apresenta novo pivô“? Apresentar um novo pivot é algo que acontece com frequência. Agora, apresentar um jornalista “negro de rastas” – como descreveu Mariama Barbosa – é, sim, algo muito raro e que deve ser sempre celebrado.

Pelo que vi nos comentários nas redes sociais ao nosso artigo, é quase unânime que os internautas querem que isto deixe de ser notícia. Ótimo. Parece, pois, que esta é a normalização que todos queríamos que acontecesse. E que continuemos todos a lutar diariamente para que o mérito seja sempre sobreposto a qualquer outro valor.

Que haja mais Josés Mussuaili, Joões Rosários e Conceições Queiroz – que tão meritoriamente foram mencionados pelos nossos seguidores – nos nossos televisores. Mas que nunca nos esqueçamos também de aplaudir todos os passos que são dão dados na direção da mudança.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Manuel Moreira fala sobre os 20 anos de Uma Aventura
20 anos de ‘Uma Aventura’: para Manuel Moreira “parece outra vida”