Impresa SIC
Fotografia: Grupo Impresa

SIC Notícias e SIC Internacional deixam de emitir em Angola

Os canais da SIC deixarão de fazer parte da operadora angolana DStv a 15 de Outubro de 2020, confirmou a estação à agência de notícias Lusa. Esta é a segunda vez que o serviço de radiodifusão exclui os canais da SIC.

O aviso surgiu da parte da DStv, que enviou uma mensagem a todos os clientes a dizer que “a SIC Internacional África e a SIC Notícias deixarão a nossa plataforma a partir de 15 de outubro”, através do serviço de televisão satélite da empresa sul-africana MultiChoice. 

Segundo esta mensagem, a DStv excluirá a SIC Notícias e a SIC Internacional para continuarem a poder oferecer uma grelha de conteúdos atualizada e também para otimizar o conjunto de canais disponíveis”.

Entretanto a Lusa já confirmou com duas fontes esta informação. Uma delas afirmou que o motivo da exclusão será meramente por “questões contratuais”.

Esta não foi a primeira vez que os conteúdos da SIC foram retirados do canal africano. Já a 14 de Março de 2017 a DStv interrompeu a emissão de ambos os canais portugueses, logo após terem mostrado reportagens sobre o ex-Presidente José Eduardo dos Santos.

Na altura, a empresa rejeitou que a decisão de excluir os canais da SIC adviesse de motivos políticos. A empresa classificou como falsa a informação ou qualquer associação, seja de que forma for, das marcas DStv a um cana de naturaleza política”, lê-se num artigo de 2017 do Novo Jornal.

A DStv apostará em “conteúdos locais”

Este ano as justificações, já não foram de foro político. Segundo a DStv, excluirão os canais para apostarem no “investimento e oferta do conteúdo local”, pelo que vão criar “uma plataforma para partilhar estórias angolanas”.

“Enquanto negócio nascido e criado em África, fizemos avultados investimentos no desenvolvimento de programação original africana para transmitir o melhor conteúdo africano do continente”, acrescentam.

O investimento será feito, contudo também reconhecem que poderão vir a ter problemas financeiros por haver muita competição, bem como o financiamento de essas iniciativas ser acrescido.

Mais Artigos
adam mckay
‘Don’t Look Up’. Elenco recheado de estrelas no próximo filme de Adam McKay