kanye-west

Twitter. Kanye West revelou dado confidencial e foi suspenso temporariamente

Músico americano visou Randall Lane, jornalista e editor da Forbes, numa publicação na sua conta oficial na rede social

O rapper americano Kanye West esteve suspenso temporariamente no Twitter por ter violado as regras de utilização daquela rede social ao revelar, na passada quarta-feira (16), informação considerada privada pertencente a Randall Lane, jornalista da Forbes.

“Se algum dos meus fãs quiser ligar a um supremacista branco… aqui está o editor da Forbes”, escreveu Kanye West, num post em que juntou uma captura de ecrã na qual exibia um contacto telefónico que o músico garantia pertencer ao responsável da revista.

O tweet do rapper americano foi eliminado do mural após uma hora e logo substituído por uma nota de advertência que referia uma quebra dos regulamentos em vigor naquela rede social.

A NBC News informou, nesse mesmo dia, que uma fonte oficial do Twitter confirmou que Kanye West havia incorrido numa violação das leis de utilização e, por isso, fora suspenso por um determinado período do tempo.

A exemplo de outras redes sociais, o Twitter não tolera a divulgação inapropriada de dados pessoais (tais como moradas, por exemplo) de terceiros com o objetivo de intimidar, uma prática que designa por “doxxing”.

O basquetebolista Rick Fox, amigo de Kanye West, confirmou no próprio Twitter que o rapper americano havia sido banido. “O meu amigo Kanye West quer que saibam que [ele] foi expulso do Twitter durante 12 horas”, pode ler-se na publicação.

Já o diretor de comunicação da revista ForbesMatthew Hutchinson, optou por não comentar o sucedido à Imprensa, mas garantiu que a empresa deseja o melhor ao célebre músico e também candidato às próximas eleições do Estados Unidos.

Entretanto, foi retirada a suspensão do Twitter a Kanye West. Recentemente, o rapper americano, que sofre de transtorno bipolar – o que causa mudanças regulares dos níveis de humor – tem protagonizado vários incidentes geradores de controvérsia.
O mais mediático prende-se com a divulgação de um vídeo, em que o rapper surge a urinar para um Grammy, numa provocação direta à indústria da música, que acusa de ter “matado” Prince e Michael Jackson.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Trump Biden
Trump perde para Biden na “guerra das audiências”