#EstudoEmCasa
Fotografia: Pedro Pina/RTP

#EstudoEmCasa continua na RTP e alarga-se ao ensino secundário

A par das aulas presenciais, o ensino na televisão regressa a partir de segunda-feira (14)

A nova Telescola vai continuar no ar na RTP. Depois do regresso em abril para auxiliar o ensino primário e básico durante o período de pandemia, o Governo anunciou esta quarta-feira (9) que o #EstudoEmCasa vai regressar no próximo ano letivo, com emissões já a partir da próxima segunda, dia 14. Os conteúdos vão alargar-se aos alunos do ensino secundário.

O regresso das aulas na televisão pretende complementar o ensino presencial, dificultado pelas restrições impostas pela pandemia da Covid-19. O Ministério da Educação refere em comunicado oficial que as aulas “reforçarão a oferta educativa do ano letivo de 2020/2021, cujo arranque decorre entre 14 a 17 de setembro”.

O projeto do Ministério em parceria com a televisão pública arranca na próxima semana com reposição de conteúdos já lecionados nas aulas emitidas nos últimos meses, a par do que vai ser feito ao longo de cinco semanas nas salas de aulas presenciais. A partir de meados de outubro, começam a surgir em antena as novas emissões do #EstudoEmCasa, que devem começar a ser preparadas em breve, com novos conteúdos adaptados aos programas de cada disciplina.

A nova etapa da Telescola engloba, a partir de agora, conteúdos direcionados aos alunos do ensino secundário (do 10.º ao 12.º ano), que vão apenas estar disponíveis através da RTP Play. A emissão em antena, através da RTP Memória, dedica-se aos restantes anos letivos, embora surjam alterações nesta nova transmissão: em conferência de imprensa transmitida através da RTP3, o Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, explicou que os conteúdos relativos ao 1.º e 2.º anos de escolaridade vão ser removidos da programação, uma vez que estes alunos “têm outro tipo de vicissitudes e necessidades”.

Os conteúdos serão também organizados através de uma fórmula em blocos. “Agora o que temos são blocos pedagógicos temáticos. E cada tema poderá ter mais do que um bloco. Imaginemos ‘Matemática e Equações do Primeiro Grau’, que poderá ter um, dois ou três blocos, que poderão ser entendidos e trabalhados individualmente, ou entendidos e trabalhados sequencialmente”, acrescenta o Ministro. Na programação, além das disciplinas já anteriormente presentes, vão surgir novos conteúdos, entre os quais um bloco para organização de trabalho autónomo.

Entre as novidades está também a transmissão para o estrangeiro dos conteúdos lecionados. Através de blocos compactos, as aulas vão ser emitidas na RTP Internacional, para que o #EstudoEmCasa possa chegar às comunidades emigrantes.

#EstudoEmCasa
Fotografia: Pedro Pina/RTP

Em conferência, o Presidente do Conselho de Administração da RTPGonçalo Reis, reforça que o #EstudoEmCasa é “serviço público em estado puro“. “Um projeto interessante que merece ser continuado, aprimorado e reforçado”, explica, referindo-se ao que em abril descrevia à imprensa como um “desafio tremendo“, que pode ser o embrião para programação didática regular” da RTP, mesmo depois da pandemia do novo coronavírus.

O regresso da escola à televisão

A nova versão da Telescola surgiu em abril para responder às necessidades de complemento ao ensino virtual, obrigatório com o fecho das escolas em contexto de pandemia. O projeto pretende diminuir as disparidades de acesso ao ensino, visto muitos alunos não terem acesso a computadores e Internet.

Agora, com aulas presenciais prestes a começar, o futuro do ensino permanece incerto devido ao desconhecido progresso da pandemia. As aulas na televisão complementam o que é lecionado na sala de aula, com o Ministério da Educação responsável pelos conteúdos a ser lecionados e pela escolha dos docentes que vão assumir a tarefa. Os estabelecimentos de ensino serão, no entanto, responsáveis por toda a componente letiva de avaliação.

As emissões da nova Telescola voltarão a estar disponíveis em sinal aberto, sendo a RTP Memória um dos canais presentes do serviço de Televisão Digital Terrestre (TDT), para além do cabo. Em simultâneo, serão transmitidas online através da RTP Play, na plataforma dedicada ao #EstudoEmCasa.

Lê também: Como um primeiro dia de aulas. Assim se ligou o ecrã do #EstudoEmCasa

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Sociedade precisa ser mais feminista para eliminar violência contra as mulheres