Michael Rooker - ator

Michael Rooker admite ter tido “uma batalha e tanto” contra a Covid-19

O ator Michael Rooker conta, através de um testemunho que deixou na sua página pessoal no Facebook, que esteve infetado por Covid-19.

O protagonista das primeiras temporadas da série The Walking Dead revela que esteve isolado devido à infeção e destacou a dificuldade da fase que passou. “Se ainda não perceberam porque é que estou a isolar-me na minha autocaravana, tenho de dizer que lutei contra a Covid-19 e, sou obrigado a admitir, foi uma batalha e tanto”, refere o ator norte americano.

O isolamento e a lenta evolução da doença foram o que custou mais ao ator, que fez de Yondu nos dois filmes da saga da Marvel, Guardiões da Galáxia, em 2014 e em 2017. No processo da luta contra o Covid-19, eu pude sentir e ver os resultados dessas batalhas diárias, como me sentia, e me via no dia seguinte. Eu estava a sentir-me como lixo ou, em alguns casos, semi-humano, na verdade”.

Yondu foi a personagem que Michael Rooker representou em ‘Guardiões da Galáxia’

Michael Rooker explica que não tomou qualquer medicação ou suplementação, defendendo que o fez para não intoxicar o seu organismo: “Senti que, se o meu sistema imunológico não estivesse preparado para essa batalha, carregar todo esse material extra só me prejudicaria, pois os rins e o fígado ficariam gravemente sobrecarregados“.

Não revelando quando foi diagnosticado, o ator já se encontra recuperado. O post é acompanhado de uma fotografia com o resultado do teste à covid-19 feito este sábado (4), que deu negativo.

Segundo o portal Crookedllama, Michael Rooker vai reaparecer no grande ecrã no filme O Esquadrão Suicida, do realizador James Gunn. Os dois já tinham trabalhado juntos nos filmes Guardiões da Galáxia. A próxima longa-metragem em que participa será lançada nas salas de cinema em meados de 2021 e já foram reveladas as primeiras imagens do projeto no evento virtual DC FanDome 2020.

Michael Rooker estreou no cinema em 1986, como protagonista de Henry: Retrato de Um Assassino em Série, uma película com base nas confissões do serial killer Henry Lee Lucas.

Mais Artigos
Cristina Ferreira e Cláudio Ramos tiveram uma conversa sobre o futuro do apresentador na TVI.
‘Dia de Cristina’. Cláudio Ramos vai cumprir “um sonho maior” na TVI