Aladdin cinema
Fotografia: Divulgação / Disney

Já se conhece o catálogo completo da Disney+ Portugal

A nova plataforma de streaming estará disponível no nosso país a 15 de setembro.

A plataforma de streaming Disney+ estará disponível em Portugal a partir de 15 de setembro, e contará com mais de 600 filmes e 100 séries disponíveis no dia do lançamento do serviço no nosso país. Entre os títulos incluídos estarão os chamados clássicos da Disney, todos os filmes da saga Star Wars, mais de 30 filmes da Marvel, filmes e curtas da Pixar e séries originais, entre as quais The Mandalorian. 

Os subscritores poderão assistir, a partir de sua casa, a filmes como o live-action de O Rei Leão, lançado em 2019 e realizado por Jon Favreau ou Vingadores: Endgame, o filme de super-heróis que se tornou na produção mais lucrativa de sempre. O live-action de Mulan vai estar disponível na Disney+, como parte integrante do catálogo, a partir do dia 4 de dezembro. A série de animação Os Simpsons terá 30 das suas 32 temporadas disponíveis, perfazendo cerca de 600 episódios no total.

Também estarão disponíveis dois dos especiais mais esperados de 2020: Hamiltono musical da Broadway que conta a história de Alexander Hamilton (Lin-Manuel Miranda), um dos fundadores dos Estados Unidos e Black is King, o álbum visual de Beyoncé, inspirado em O Rei Leão, o filme de 2019 onde a rainha da pop empresta a voz a Nala.

Um catálogo cheio de super-heróis e clássicos de animação

Em relação aos prometidos mais de 30 filmes da Marvel, para além de Vingadores: Endgame, estarão disponíveis os três filmes de Capitão América, os restantes três filmes da coleção Vingadores, Black Panther, a saga X-Men e séries Marvel, onde se destacam Agent Carter e Os Vingadores Unidos. Também estarão disponíveis mais de 20 filmes e curtas-metragens animadas da Pixar, incluindo os quatro filmes de Toy Story, Os Incríveis: Os Super-Heróis e sequela, a trilogia Carros e À Procura de Dory, sendo que, das curtas, salienta-se a inclusão de Sair e Bao.

Frozen 2 faz parte do catálogo da Disney+

Ainda em território de animação, a Disney+ promete um “acesso sem precedentes ao arquivo histórico da Disney”, onde o espectador poderá assistir a filmes animados desde Cinderela, A Bela e o Monstro, A Pequena Sereia, Pinóquio, até às mais recentes produções como Frozen: O Reino do Gelo, mas também o live-action de Aladdin, lançado em 2019 e realizado por Guy Ritchie, contando com Mena Massoud e Will Smith nos papéis de Aladdin e Genie, respetivamente, ou Dama e o Vagabundo, filme também estreado em 2019, entre outros.

No que toca a documentários, destacam-se filmes como Jane, produzido pela National Geographic e nomeado para um BAFTA, onde é retratada a vida de Jane Goodall, a cientista que revolucionou a primatologia, Free Solorealizado pela dupla Jimmy Chin e Elizabeth Chai Vasarhelyi, tendo vencido o Óscar de Melhor Documentário em 2019 e ainda Dentro do Okavango.

O serviço vai ainda conter séries da Disney como Hannah Montana, um dos momentos marcantes na carreira de Miley Cyrus, Phineas e Ferb, Violetta, High School Musical: O Musical: A Série, Kim Possible, O Garfy Pergunta mas também séries documentais entre as quais O Mundo Segundo Jeff Goldblum e A História da Imagineering, mas também a trilogia High School Musical e a saga Pirata das Caraíbas na íntegra.

Música no Coração

Mas, para além de filmes originais da Disney e das marcas a que está aliada como a Pixar, a Marvel, Star Wars e National Geographic, o serviço de streaming destaca ainda que estarão disponíveis filmes como A Idade do Gelo, os dois filmes de Percy Jackson, a saga Sozinho em Casa, o clássico Música no Coração ou Avatar, de James Cameron.

Há uma promoção na subscrição da Disney+ até ao dia de lançamento

A plataforma de streaming da Disney+ já tem as inscrições abertas para quem quiser subscrever o serviço, de forma antecipada, numa oferta limitada em que o custo de subscrição se ficará pelos 59,99€ anuais. Este preço especial estará apenas em vigor até ao dia 14 de setembro, inclusive. A partir do dia de lançamento, 15 de setembro, o preço de subscrição vai-se estabelecer nos 6,99€ mensais ou, para os interessados, nos 69,99€ pela subscrição anual.

Entre as opções oferecidas pela Disney+ aos subscritores, a partir do dia do lançamento, estará a possibilidade de visualizar conteúdos na maioria dos dispositivos móveis e smart tvs, computadores, consolas de jogos e dispositivos de streaming. Não existirão anúncios e pode haver até quatro ecrãs em simultâneo, os downloads serão ilimitados em até 10 dispositivos, existirão recomendações personalizadas e a possibilidade de serem criados sete perfis de utilizador diferentes.

Sendo este também um serviço virado para as crianças, haverá a possibilidade de os pais definirem perfis infantis, com menus mais simples de serem navegados, onde serão recomendados conteúdos apropriados para cada faixa etária.
A plataforma de streaming da Disney chega assim a Portugal no dia 15 de setembro, mas também a outros países como a Dinamarca (incluindo a Gronelândia), a Suécia, Finlândia, Bélgica e Luxemburgo, com mais de 700 títulos no catálogo.
Mais Artigos
Dia de Cristina
Podcast. O que correu mal no ‘Dia de Cristina’?