La Casa de Papel
Fotografia: Netflix/Divulgação

Elenco de ‘La Casa de Papel’ já grava nova temporada em Portugal

O assalto continua e desta vez a paragem é por perto. As gravações da quinta e última temporada de La Casa de Papel arrancaram no final de julho e o anúncio da nova temporada confirmou Portugal como um dos cenários por onde o gangue espanhol iria passar na sua última aventura. Parte do elenco está em Lisboa e já gravou esta terça-feira (1) algumas cenas na cidade.

O país já tinha sido mencionado diversas vezes ao longo da série, com uma bandeira portuguesa a figurar nas cenas do escape na terceira temporada e a menção às águas nacionais. Na primeira temporada, inclusive, um dos episódios – o quinto – iniciou-se ao som do fado Boémio e Vadio, cantado por Piedade Fernandes. Mas atraco nunca tinha passado por Portugal.

Na tarde desta terça-feira, Úrsula Corberó (Tóquio) e Miguel Ángel Silvestre – ator conhecido pelo seu papel em Sense8 que dá vida a um dos antagonistas na nova temporada – gravaram no Ascensor da Bica uma cena conjunta, que dá a entender que ambos os personagens terão uma ligação no enredo ainda desconhecido da nova parte.

Os fãs lisboetas da série assistiram a parte das gravações e partilharam nas redes sociais imagens do elenco durante as filmagens.

A Carris, operadora de transportes lisboeta, já tinha anunciado o encerramento do Elevador da Bica para esta terça-feira, embora sem indicação de um motivo. Úrsula Corberó foi também vista numa das ruas do Bairro Alto, a gravar cenas no que parece ser uma festa que imita os arraiais típicos dos Santos Populares na capital.

As gravações foram acompanhadas pela polícia e por seguranças, que resguardaram o local e controlaram a circulação de pessoas. No entanto, apesar de algum aparato, não houve enchentes nem constrangimentos, com o trânsito nas zonas circundantes a funcionar totalmente. As filmagens cumpriram, ainda, medidas de higiene e segurança, com distanciamento social do público e das equipas e uso de máscara por parte do elenco, como se pode observar em vários dos registos da tarde.

A quinta e última temporada de La Casa de Papel promete levar a história para além do assalto. A nova parte, que terá 10 episódios, ainda não tem data de estreia definida – mas as gravações já aconteceram, além de Portugal, em Espanha e até na Dinamarca. As primeiras quatro partes estão disponíveis no catálogo da Netflix. A série de Álex Pina tornou-se uma das mais populares de sempre, dentro e fora da Netflix – chegando a bater recordes entre as produções em língua não-inglesa e, também, entre todas as da plataforma.

Lê também: O que esperar da quinta e última temporada de La Casa de Papel

Mais Artigos
1994 série
‘1994’. Os bastidores da ascensão de Berlusconi regressam à RTP2