Festa do Avante
Fotografia: Espalha-Factos (2013)

DGS divulga diretrizes para realização da Festa do Avante

Foram divulgadas as diretrizes da Direção-Geral da Saúde (DGS) para a realização da Festa do Avante. A capacidade máxima do recinto na Quinta da Atalaia no Seixal é reduzida a 16.563 espectadores, o que corresponde a uma pessoa por metro quadrado. O número é cerca de metade da lotação máxima inicialmente indicada pelo Partido Comunista Português (PCP). Todas as pessoas com mais de dez anos vão ter de usar máscara durante o recinto.

O número de palcos na Festa do Avante também vai reduzir de dez para três, todos em espaço aberto, com sessões de cinema e de teatro. Nos espetáculos, os espectadores vão ter de ocupar lugares sentados e as cadeiras vão ter de ser higienizadas entre as atuações. Quanto ao consumo de bebidas alcoólicas, é proibido a partir das 20 horas, exceto nos locais destinados às refeições.

Os horários em que o recinto vai estar aberto também vão ser alterados. De acordo com o parecer da DGS, as portas devem abrir mais cedo – às 16 horas – ao invés das 19 horas habituais, para “evitar aglomerações”. O encerramento das entradas também vai ocorrer mais cedo: à meia noite na sexta-feira e sábado e às 22 horas no domingo. O recinto encerra oficialmente à 1h30 na sexta e no sábado e às 23h no domingo.

O PCP garante que todas as normas estipuladas pela entidade coordenada por Graça Freitas vão ser cumpridas: “Este plano define as medidas e procedimentos de prevenção e segurança, em particular de mitigação do risco de contágio pela COVID-19, assegurando que todos estarão informados e sensibilizados para o cumprimento das regras aconselhadas pela organização e autoridades de saúde”, assegura o partido.

A divulgação das normas ocorre depois de ontem a DGS ter referido que tinha entregue a versão final do parecer quanto à realização da Festa do Avante ao PCP. A autoridade da saúde do governo português rejeitou divulgar o documento e remeteu a decisão aos organizadores. Em comunicado no site oficial, o Partido Comunista alerta para uma dualidade de critérios na “capacidade e lotação de recintos e espaços fixados […] contrastam seja com os espetáculos que se estão a realizar no país, seja com as feiras do livro actualmente a decorrer em Lisboa e no Porto, seja com outras iniciativas“.

A realização do evento este ano está envolta em polémica, sendo várias as críticas e pedidos para o cancelamento da festa que se realiza desde 1976. Com medidas de contingência e novos métodos de funcionamento, a Festa do Avante vai realizar-se entre 4 e 6 de setembro.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
baby netflix
Crítica. ‘Baby’ temporada final: A montanha-russa perfeita