Gambito de Dama
Fotografia: Phil Bray/Netflix

‘The Queen’s Gambit’: o thriller psicológico sobre um génio do xadrez

É no dia 23 de outubro que chega à Netflix a nova minissérie protagonizada por Anya Taylor-Joy. A atriz ficou conhecida pelo seu papel em Split (2016) e, mais recentemente, em Peaky Blinders (2013) e The New Mutants (2020). É, contudo, a primeira vez que assume o papel principal.

A sinopse do thriller psicológico, divulgada pela Netflix, explica em que vai consistir: “Esta série explora o custo de ser um génio. Abandonada e confiada a um orfanato em Kentucky no final dos anos 50, Beth Harmon (Anya Taylor-Joy) descobre um talento brilhante para xadrez, enquanto desenvolve um vício por calmantes providenciados pelo Estado como um sedativo para crianças.”

O teaser veio revelar a data de estreia e algumas imagens. Enigmático e curto, deixa-nos com vontade de ver mais. The Queen’s Gambit é da autoria de Scott Frank, co-criador, realizador e escritor, em conjunto com Allan Scott e William Horberg. Terá, no total, sete episódios.

Para além de Anya Taylor-Joy, a minissérie conta com a participação de Marielle Heller, que será Mrs. Alma Wheatley, uma dona de casa solitária e amiga de Beth; de Thomas Brodie-Sangster, que interpretará Benny Watts, o rival arrogante da protagonista; Moses Ingram será Jolene, um órfão amigo de BethHarry Melling dará vida a Harry Beltik, campeão de xadrez; e Bill Camp fará de Mr. Shaibel, o porteiro que se transforma numa figura paternal para a personagem de Taylor-Joy.

Baseado no livro homónimo de Walter Tevis, decorre na época da Guerra Fria. Beth almeja tornar-se um prodígio do xadrez, mas é desviada pela sua toxicodependência. The Queen’s Gambit chega à Netflix a 23 de outubro.

Lê também: Crítica. ‘Gambito de Dama’ é uma série arrebatadora
Mais Artigos
Cofina
Cofina insiste na aquisição da Media Capital e culpa acionistas pela “fragilidade” da empresa