Liga dos Campeões
Fotografia: UEFA

Final da Liga dos Campeões bate recordes de audiência na Europa

A final da Liga dos Campeões, transmitida na noite deste domingo (23) em direto do Estádio da Luz, em Lisboa, bateu recordes de audiência em diversos países da Europa. A competição foi vista por milhões de espectadores em França e na Alemanha e também garantiu bons resultados em Portugal.

Segundo os dados reportados pelo The Hollywood Reporter, o jogo à porta-fechada, dadas as restrições impostas à assistência de competições desportivas devido à pandemia da Covid-19, foi um dos eventos televisivos do ano, especialmente nos países dos clubes que competiram. A final da maior competição do futebol europeu viu o Bayern de Munique sagrar-se campeão face ao Paris St. Germain por 1-0.

A porta fechada do estádio português atiçou a curiosidade dos adeptos da Alemanha, que viu o Bayern vencer competição. Durante o jogo, perto de 13 milhões de espectadores estiveram ligados à ZDF, a emissora pública alemã. Este número corresponde a um share de 39,9% – chegando a atingir 42,3% entre a faixa etária dos 14 aos 49 anos. O segundo programa mais visto no horário, a popular série de crime Tatort do canal ARD, não passou dos 6 milhões de espectadores.

Apesar da derrota, França não perdeu a transmissão e bateram-se recordes na emissora TF1. A primeira final de sempre do Paris St. Germain na Champions teve cerca de 11.4 milhões de espectadores ligados à emissora, números que se traduzem em 46,2% de share, o melhor resultado do ano para o canal e a melhor final desta competição no país. Os adeptos franceses deram uma diferença ainda maior em termos de audiência ao segundo programa mais visto do que na Alemanha: o filme que estava a ser exibido nessa faixa no canal France 2 reuniu apenas 2.33 milhões de espectadores (9,3%).

Champions
Fotografia: UEFA Champions League

No Reino Unido, apesar de não terem sido revelados os números exatos da transmissão, também se atingiram valores de audiência elevados por um motivo particular. Apesar de no país a competição ter sido transmitida através do canal pago de desporto BT Sports 1, o contrato de transmissão na Grã-Bretanha fez com que a estação tivesse de transmitir o jogo gratuitamente através de streaming e do YouTube.

Em Portugal a emissão também deu direito a recorde de audiência à TVI, que marcou o seu melhor resultado do ano. A final da Liga dos Campeões foi o programa mais visto do dia, por 1 milhão e 895 espectadores em média ao longo da faixa horária. Registou-se 20% de audiência média e 40,8% de share – perto do final da partida, o quarto canal marcava 26,7% de audiência média.

O mesmo não se passou em Espanha, por exemplo. No país vizinho, a final da Champions ficou de fora dos programas com maior quota de mercado do dia, com o domingo a ser liderado por Hormigas Blancas, programa da Telecinco que recorda o passado de personalidades espanholas (e neste episódio passou em revista a carreira de Julio Iglesias) e por um filme emitido na La 1. A partida entre o Bayern e o St. Germain reuniu apenas pouco mais de um milhão de espectadores (9,1% de share).

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Cofina
Cofina insiste na aquisição da Media Capital e culpa acionistas pela “fragilidade” da empresa