Quer o Destino
Fotografia: Divulgação

‘Quer o Destino’ foi o programa mais visto de domingo

Quer o Destino, novela da TVI, arrebatou a liderança no top das audiências no domingo. A produção protagonizada por Sara Barradas foi seguida por perto de 1 milhão e 300 mil pessoas, o que corresponde a um share de 25,4%.

À mesma hora, na SIC, passava A Árvore dos Desejos – Especial. O programa conduzido por João Manzarra acabou por ficar em quarto lugar na tabela das audiências (9,6%/19,2%). O apresentador só conseguiu dar a liderança à estação de Paço de Arcos a partir do final da novela da TVI e depois durante o tempo que coincidiu com o concurso Boom (8,6%/20,4%) de Marco Horácio, que fechou o top 5.

Este foi o primeiro domingo sem reality shows em nenhum dos canais privados em sinal aberto, depois do fim do Quem quer casar com o agricultor? há uma semana na SIC e do Big Brother há duas semanas na estação dirigida por Nuno Santos.

As segunda e terceira posições foram ocupados pela informação. O Jornal da Noite (11,4%/22,8%) da SIC superou o Jornal das 8 (9,7%/19,6%) da TVI. Nos totais diários, a SIC liderou com 18,3% de share. Já a TVI marcou 15,1% e a RTP1 fez 9,3%. A CMTV, com 4,3%, foi o canal mais visto no cabo.

Outros destaques

  • O Primeiro Jornal (10,1/28,4%) da SIC obteve mais do que a soma dos shares dos concorrentes Jornal da Uma (5,5%/15,4%) da TVI e do Jornal da Tarde (4,7%/13,2%) da RTP1. O espaço informativo do canal do grupo Impresa segurou a liderança herdada do programa anterior, Vida Selvagem – Planeta Azul II: Recifes de Coral (7,5%/24,1%), com mais de 710 mil pessoas a assistir ao documentário.
  • Domingão (6,6%/18,7%) da SIC voltou a ganhar a Somos Portugal (5,2%/14,7%) da TVI e a 7 Maravilhas da Cultura Popular (2,1/5,8%) da RTP. No entanto, o programa conduzido por João Baião e Diana Chaves obteve o mínimo de share desde a sua estreia, 18,7%.
  • Vários programas na madrugada de domingo da RTP3 e da TVI24 não tiveram espetadores. Todas as palavras e Linha da Frente: As crianças não nascem racistas da estação pública e GTI e Conversas Globais: Vítor Bento do canal de informação da Media Capital.
Mais Artigos
Eduardo Lourenço
Morreu o ensaísta Eduardo Lourenço