Novo logótipo da 20th Century Studios

20th Century Fox: Disney muda logótipo e nome do estúdio

Após parte da 20th Century Fox ser comprada pela Disney, surgem as primeiras alterações à marca que tem agora um novo logótipo e um nome diferente.

A 20th Century Fox, responsável por inúmeros sucessos no mundo do cinema, sofre agora várias alterações na sua imagem. A compra do estúdio americano por parte da Disney, em 2019, está por trás destas mudanças. Para além de ter anunciado a mudança no nome — agora 20th Century Studios —, a Disney realizou também alterações ao famoso logótipo.

De acordo com a CNN, todos os novos programas vão incluir o novo logótipo. Os programas que já estejam a ser emitidos vão continuar com o logótipo antigo.

Logótipo clássico da 20th Century FOX
Logótipo antigo da 20th Century FOX

A par da aquisição da 20th Century Fox, a Disney tornou-se também dona de outras plataformas. Apesar de ter a ABC Studios e a ABS Signature Studios (que atualmente se chamam ABC Signature), Craig Hunegs, presidente da Disney Television Studios, revelou numa entrevista ao site World Screen que “cada estúdio tem uma equipa e uma cultura diferentes” e que deseja preservar essa independência.

Hunegs afirmou também nessa entrevista que considera “uma grande vantagem ter vários filtros criativos e várias equipas, cada uma com o seu próprio gosto, com os seus próprios relacionamentos entre talentos e os seus próprios relacionamentos com agências e redes.”

Logótipo da Walt Disney
Logótipo da Walt Disney.

A compra de um império

A 20th Century Fox foi criada em 1935, através da união entre a Fox Film Corporation (de William Fox, em 1915) e a Twentieth Century Pictures (fundada em 1933 por Darryl F. Zanuck e Joseph Schenck). O negócio que envolveu a posse da 20th Century Fox rendeu a Rupert Murdoch (acionista maioritário da News Corporation e dono de canais como Fox News e jornais como o The Wall Street Journal) mais de 71,3 mil milhões de dólares (cerca de 61,5 mil milhões de euros). A compra dos estúdios deu à Disney também o domínio de canais como o National Geographic, o FX e também cerca de 30% da Hulu.

Mais Artigos
the social dilemma
Crítica. ‘The Social Dilemma’ desvenda o fenómeno manipulador das redes sociais