Zoe Kravitz em High Fidelity
Fotografia: Reprodução/DR

‘High Fidelity’ cancelada após a primeira temporada

O elenco de High Fidelity, série produzida pela Hulu, foi informado, esta quarta-feira (5), que o programa seria cancelado. Realizada por Veronica West e Sarah Kucserka, a série estreou-se em fevereiro de 2020 e contou apenas com uma temporada de dez episódios.

Baseada no livro homónimo de Nick Hornby, High Fildelity conta a história de Robyn, interpretada por Zoë Kravitz, uma fã de música, da cultura pop e das listas Top 5.  Com o passar dos episódios, Robyn, que acabou de ser deixada pelo namorado, revê as suas relações passadas e tenta ultrapassar o seu grande amor. Dessa forma, ela decide encontrar cada um dos seus ex e perceber porque é que não consegue manter um relacionamento sério.

Inicialmente, a série foi desenvolvida para a Disney+, mudando-se posteriormente para a Hulu, tal como aconteceu com a série Love, Victor. Contudo, no caso de High Fidelity, a produção mudou de plataforma devido ao contexto adulto.

High Fidelity teve também uma adaptação cinematográfica, no ano 2000, com John Cusack no papel principal, Catherine Zeta-JonesJack Black e Lisa Bonet, mãe de Kravitz. O filme era, ao contrário da série, contado do ponto de vista masculino.

John Cusack e Jack Black na versão cinematográfica de High Fidelity
John Cusack e Jack Black na versão cinematográfica de High Fidelity

O cancelamento da série foi uma surpresa tanto para o elenco como para os fãs, uma vez que High Fidelity obteve uma classificação de mais de 80%, tanto entre os críticos, como entre os espectadores no Rotten Tomatoes. Além disso, as realizadoras tinham já comentado com o The Hollywood Reporter que tinham planos a longo prazo para o projeto.

“A diferença entre um filme e uma série é que espera-se que uma série tenha várias temporadas e dezenas de horas na televisão. Isto [High Fidelity] nunca poderia ser apenas a história de uma só pessoa como o filme e o livro que têm uma história muito interna só para aquele herói“, explicou Veronica West.

“Esperamos que haja mais temporadas”, disseram as criadoras, explicando que planeavam desenvolver os restantes relacionamentos amorosos entre várias personagens. “À medida que avançamos acho que a Robyn vai namorar com alguns estranhos que ainda não conhecemos”, afirmou West, sobre as temporadas futuras. “Acho que também vamos continuar com as histórias de relacionamento da Cherise e do Simon e assim expandir o universo das personagens.” 

Em junho, a protagonista falou também com a Variety e disse que gostava de fazer uma segunda temporada. “Acho que o programa tem muito potencial, que todos nós temos muito crescimento a fazer e mais problemas para falar”.

Além de Zoë Kravitz, o elenco da série contava ainda com David H. Holmes, Da’Vine Joy Randolph, Kingsley Ben-Adir, Jake Lacy e Thomas Doherty.

Mais Artigos
emmys, emmy, daniel levy, eugene levy, schitt's creek
Emmys 2020. ‘Schitt’s Creek’, ‘Succession’ e ‘Watchmen’ vencem em noite de surpresas