Marta Cardoso despede-se dos reality shows este ano
Fotografia: Divulgação/TVI

“Saio de coração cheio”: Marta Cardoso diz adeus aos reality shows

Marta Cardoso, comentadora do Big Brother 2020, revela que planeia fechar o seu “ciclo de reality shows” até ao final deste ano, em entrevista ao Você na Tv! desta segunda-feira (3).

No rescaldo da última gala que declarou Soraia como vencedora da mais recente edição do Big Brother, Marta Cardoso esteve presente no programa da manhã da TVI para comentar o desfecho do reality show. No entanto, a ex-concorrente desvendou também intenções de cortar a ligação ao mundo televisivo, mais concretamente ao dos reality shows.

“Vinte anos de reality shows é muito tempo. Para mim, no final deste ano, seguramente, acaba-se o ciclo de reality shows”, disse Marta Cardoso. “Saio de coração cheio. O ‘Big Brother’ voltou melhor do que nunca, evoluído, mais consciente e sensato. Agrada-me pensar que há 20 anos comecei um ciclo que hoje está desta forma”, rematou.

A comentadora admite que abandona os programas no final deste ano. Espera-se assim que possa ainda participar no Big Brother em setembro, mas ainda não há confirmação. Também não não se sabe se o futuro de Marta Cardoso envolve outros projetos televisivos que não sejam reality shows.

É de relembrar que a comunicadora parte da primeira edição do Big Brother na TVI, em que participou no ano 2000 como concorrente. Para além de ter participado em outros reality shows como Perdidos na Tribo, ganhou notoriedade nos últimos anos como comentadora deste tipo de programas na estação de Queluz de Baixo.

A TVI já prepara uma nova edição do Big Brother que tem estreia prevista para setembro deste ano. Com o subtítulo A Revolução, Cláudio Ramos promete que será um programa muito diferente e mais competitivo.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Kim Kardashian
Stop Hate For Profit. Celebridades juntas no boicote ao Facebook