‘Big Brother’ termina a bater recordes

A grande final do Big Brother bateu novos máximos de audiência para a edição 2020 do reality-show, o que valeu a liderança destacada do horário nobre à TVI.

Dividido em quatro partes, o formato conduzido por Cláudio Ramos liderou do início ao fim com Última Noite (14,7% / 29,3%), Os Finalistas (14,4%/32,7%), Grande Final (13,9% / 41,9%) e, ao início da madrugada, O Vencedor (4% / 27,4%). Na concorrência, o filme Tony (11,9% / 24,2%) ainda deu luta, mas quando Quem Quer Namorar com o Agricultor (8,6% / 20,8%) entrou no ar, a TVI chegou a abrir uma vantagem superior a 30 pontos percentuais nos valores de quota de mercado.

Na média geral, o programa conquistou cerca de 1 milhão e 200 mil telespectadores, o correspondente a 13,6% de audiência média e 32,5% de quota de mercado entre as 21h25 e as 00h58. Estes valores médios incluem os intervalos comerciais. O Big Brother foi líder absoluto das audiências e conseguiu alcançar números muito superiores aos da concorrência, que se ficou nos 8,6% de rating e 20,6% de share.

No pico mais elevado de quota de mercado, o programa que deu a vitória a Soraia, distanciou-se por completo da SIC e conseguiu um valor de 48,4% de share, o correspondente a 14,2% de rating, às 00h35.

A estreia de I Love Portugal, na RTP1, passou despercebida, com 5,7% de audiência média e 11,3% de share, mas ainda assim com valores superiores ao do antecessor A Batalha dos Jurados. A aposta do canal público em colocar Aqui Portugal contra os concorrentes Domingão (6,4%/19,6%) e Somos Portugal (4,6%/14,0%) continua a falhar clamorosamente, tendo o programa descido para o pior resultado do ano: 2,2% de audiência e 6,5% de share.

Nos totais diários, a TVI e a SIC empataram no share médio. Apesar de uma noite estrondosa nos números, as tardes da estação de Queluz viram a SIC longe no primeiro lugar do pódio, finalizando os resultados deste domingo com 19,3% de share para ambas as estações. No entanto, no número de telespectadores, a TVI venceu o dia com uma diferença de 2 mil portugueses. Já a RTP1, sem armas contra as privadas, deixou-se permanecer no 3.º lugar com 9,2% de quota de mercado.

Mais Artigos
harry styles
Harry Styles regressa ao cinema em nova produção de Olivia Wilde