Rolling Stones

Músicos rejeitam o uso dos seus temas nas campanhas eleitorais dos EUA

Um conjunto de músicos e artistas uniram-se para chamar a atenção e avisar os dois principais partidos políticos dos EUA, o Democrata e o Republicano. Em causa está a utilização dos seus temas em campanhas eleitorais sem a devida autorização prévia.

Foram mais de 50 músicos que, representados pela Artist Rights Coalition, assinaram uma carta aberta na qual exigiram o consentimento antecipado do uso das suas músicas em cenários políticos. Estes acreditam que “ser arrastado inadvertidamente para a política dessa maneira” compromete os seus valores enquanto pessoas e artistas, ao mesmo tempo que poderá abalar ou enganar os seus círculos de fãs, o que poderá causar, consequentemente, prejuízos financeiros.

Entre os signatários, encontram-se nomes como The Rolling Stones, Elton John, R.E.M., Lorde, Sia, Linkin Park, Green Day, BlondiePearl Jam, Lykke Li, e Panic! At The Disco.

Esta discussão não é recente. No passado, artistas como Neil Young e Guns N’Roses criticaram a utilização dos seus temas em comícios do atual Presidente dos EUA, Donald Trump, sem o seu conhecimento ou consentimento. “Este não é um problema novo. Ou partidário. Cada ciclo eleitoral traz histórias de artistas e compositores frustrados, descobrindo que o seu trabalho é usado em contextos que sugerem o endosso ou apoio de candidatos políticos sem a sua permissão ou consentimento”, diz a carta.

Como todos os outros cidadãos, os artistas têm o direito fundamental de controlar o seu trabalho e tomar decisões livres sobre sua expressão e participação política. O uso de seu trabalho para fins políticos sem o seu consentimento viola fundamentalmente esses direitos e é uma invasão de interesses pessoais”, sublinham veemente na mensagem.

Os músicos e compositores participantes exigem uma resposta até 10 de agosto, visto que as eleições presidenciais norte-americanas decorrem daqui a menos de três meses, em novembro de 2020 e espera-se, por isso, um intensificar da campanha eleitoral.

Mais Artigos
Lovecraft Country estreia na HBO Portugal em agosto
HBO Portugal: Estas são as novidades para agosto