Comboio histórico do Douro é composto por uma locomotiva a vapor e cinco carruagens de madeira

Comboio secular circula na linha do Douro a partir de agosto

Campanha condicionada da CP visa o incremento da atividade turística naquela região vinhateira e emblemática do norte do país

A CP – Comboios de Portugal anunciou, esta quarta-feira (22), que o histórico comboio a vapor do Douro vai percorrer a linha ferroviária da região, em cada sábado, entre 1 de agosto e 26 de setembro. Parte do Peso da Régua, pára na vila do Pinhão e termina no vale do Tua.

Na campanha de 2020 do histórico meio de transporte, datado do século XX, está prevista a realização de nove viagens ferroviárias, embora com “condicionalismos” por força das medidas impostas pela Direção-Geral de Saúde face à pandemia.

A CP informou que as excursões vão decorrer com “lotação limitada a dois terços da sua capacidade”, com “todos os procedimentos e normas definidas para prevenção” da saúde pública.

Em pleno contexto pandémico, a CP “decidiu apostar na realização desta campanha para apoiar o regresso da atividade turística à região do Douro” para “proporcionar à população a oportunidade de viver uma experiência única de viagem”.

Os turistas poderão, assim, desfrutar da paisagem do Alto Douro vinhateiro, classificado pela UNESCO como Património Mundial, com o Rio Douro como “fio condutor” do percurso, a bordo de um histórico comboio composto por cinco carruagens de madeira e uma locomotiva a vapor de cor preta.

O trilho ferroviário percorrido será o habitual, ou seja, entre as estações do Peso da Régua, em Vila Real, e do Tua, em Bragança. A viagem terá uma única paragem intermediária na estação da vila do Pinhão.

Antes do primeiro embarque, agendado para o dia 1 de agosto, os clientes da linha do Douro vão ser agraciados com cantares tradicionais da região e farão um brinde, em honra do momento, com vinho do Porto, antes de ocupar o respetivo lugar.

Para viajar no comboio histórico do Douro, os adultos têm que pagar 42,50 euros e as crianças 20 euros.
Caso seja comprado um bilhete combinado (comboio histórico, comboios alfa-pendular, intercidades ou regional) para qualquer ponto do país, terá um desconto de 25%.

O programa da campanha do secular comboio do Douro teve início no final da década de 90. No ano passado, a sua frequência começou, comparativamente a 2020, mais cedo e acabou mais tarde: de 1 de junho a 26 de outubro.

Mais Artigos
Coprodução portuguesa ‘Gaza, mon amour’ premiada em Toronto