Consumidores
Foto: Unsplash

Migração da TDT recomeça a 12 de agosto

O processo tem estado suspenso desde março, "em virtude da situação de pandemia"

O processo de migração da televisão digital terrestre (TDT) vai ser retomado a 12 de agosto, uma semana depois do incialmente previsto, anunciou a Anacom esta segunda-feira (20). Esta migração permite a libertação da faixa dos 700 MHz, essencial para o arranque do 5G.

Segundo o jornal Público, a MEO informou o regulador, a 10 de julho, da necessidade de alterar o calendário inicialmente estipulado, “devido à indisponibilidade de um dos seus fornecedores para prestar no terreno os serviços de ressintonia dos emissores, em virtude da situação da pandemia de covid-19 em Portugal“.

Assim, informou a autoridade, “o processo de migração da rede de TDT, que tem estado suspenso devido à crise pandémica, só será retomado no dia 12 de Agosto e não no dia 3 de Agosto como a Meo tinha proposto anteriormente“.

Segundo o novo calendário, que mereceu o aval da reguladora e do Governo, o primeiro emissor a ser ressintonizado será o de Alter do Chão, a 12 de agosto. “A conclusão dos trabalhos está agora prevista para o dia 18 de Dezembro de 2020, uma semana depois da data constante da calendarização aprovada anteriormente“, salienta a autoridade.

Dos 243 emissores que compõem a rede de televisão digital terrestre nacional, faltam migrar 180. “Quando o processo foi suspenso, em 13 Março, já tinham sido alterados 63 emissores“, indica a Anacom.

“Ninguém terá de subscrever serviços de televisão paga”

Quem quiser continuar a ver televisão através do sinal de TDT não terá de “substituir ou reorientar a antena, trocar a televisão ou o descodificador, e ninguém terá de subscrever serviços de televisão paga, assegura a reguladora. À medida que os emissores forem ressintonizados, os consumidores dessas zonas apenas têm de “fazer a sintonia da televisão ou do descodificador de TDT e continuarão a ver televisão gratuitamente, como tem acontecido até agora“.

As pessoas que não consigam ressintonizar os equipamentos [como demonstrado no vídeo acima] podem ligar para a linha telefónica gratuita (800 102 002) disponibilizada pela Anacom“, sendo que caso não consigam efetuar a sintonia com a ajuda prestada telefonicamente, será agendada uma visita de técnicos devidamente identificados.

A cessação das emissões analógicas de televisão em Portugal deu-se em 2012, com a plena transição para a televisão digital terrestre. No final de 2016, a rede conheceu um alargamento do universo de canais, com a entrada da RTP3 e RTP Memória. RTP1, RTP2, SIC, TVI e Canal Parlamento completam a grelha de canais.

Mais Artigos
Dia de Cristina
TVI lidera com ‘Dia de Cristina’ e ‘Liga dos Campeões’