Foto: Julia Roberts e Denzel Washington em 'Dossier Pelicano' | Warner Bros. France/divulgação

Julia Roberts e Denzel Washington juntos em novo filme para a Netflix

Sam Esmail, o criador da série 'Mr. Robot', será o realizador da produção

Julia Roberts e Denzel Washington chegaram a acordo para formarem dupla no filme Leave The World Behind, um drama familiar baseado no livro de Rumaan Alam, que apenas será lançado no inverno. Segundo a Deadline, depois de um leilão intenso pelos direitos de adaptação, a Netflix ganhou a corrida e a nova produção será realizada por Sam Esmail, a mente por detrás de Mr. Robot, a série de televisão.

Leave the World Behind é uma história sobre duas famílias que, não se conhecendo, são obrigadas a passar um fim de semana juntas, que acaba por correr terrivelmente mal. Julia vai interpretar a mãe da família branca, Amanda, que arrenda uma casa rural luxuosa durante uma semana, com o objetivo de passar férias. A sua estadia é interrompida por um casal negro de meia-idade, os proprietários da casa, que abandonaram a cidade, em busca de refúgio, com a justificação de que houve um corte de energia geral, que matou por completo a televisão, a internet e os serviços telefónicos.

O enredo do livro, que sai para as livrarias a 6 de outubro, pela chancela da editora Harper Collins, vai seguir a colisão entre estas duas famílias, à medida que tentam descobrir se podem confiar uma na outra. Enquanto estranhos sons abalam a paz no campo, provocando uma bizarra migração dos animais, a saúde física e mental das famílias começa a deteriorar-se. O argumento vai ainda abordar questões como a parentalidade, classe social e temas raciais, numa premissa oportuna, dados os eventos desorientadores que marcam a nossa atualidade, desde o início do ano, com a pandemia.

Os reencontros

A futura adaptação de Leave the World Behind, pelo gigante do streaming, servirá de reencontro entre Roberts e Esmail. De recordar que Julia produziu com Esmail a série Homecoming, da Amazon Prime Video, na qual a atriz deu vida à personagem principal, na primeira temporada, que foi criada e realizada por Sam.

Mas este novo filme será também pretexto para uma reunião entre a atriz e Denzel Washington, dado que a última vez que a dupla tinha contracenado no grande ecrã foi em 1993, com o filme Dossier Pelicano.

O Hollywood Reporter avançou que o projeto viu luz verde dada a forte relação profissional entre Julia Roberts e Sam Esmail, depois de ambos terem trabalhado na já referida série, Homecoming, e que a atriz enviou, posteriormente, o livro a Denzel Washington.

Foto: Sam Esmail e Julia Roberts em ‘Homecoming’ | divulgação

A Deadline noticiou ainda que existiam 10 ofertas para adaptar o projeto, mas que o leilão acabou por se decidir entre a Netflix, a Apple e a MGM. Os valores monetários a envolver esta operação, em que a Netflix acabou por sair vitoriosa, não foram revelados. Porém, a Deadline soube que a parte do contrato referente à adaptação do livro ascendeu aos sete dígitos, e é comparável aos estimados 105 milhões de euros que a Apple pagou pelos direitos de streaming de Emancipation, o novo drama sobre a fuga de um escravo, realizado por Antoine Fuqua e com Will Smith no papel principal.

Julia Roberts vai produzir o filme através da sua própria companhia, a Red Om Films, enquanto Denzel Washington, Esmail e Chad Hamilton o vão fazer por via da Esmail Corp, a produtora liderada pelo próprio Sam Esmail. Alam será produtor executivo, juntando-se ainda Lisa Gillan e Marisa Yeres Gill como produtoras. O resto do elenco e uma data de lançamento ficaram ainda por anunciar, tal como a data para o início das gravações.

O regresso de Sam Esmail

Este é o próximo de uma série de projetos de alto nível para Sam Esmail. O realizador terminou Mr. Robot o ano passado, que acabou com uma quarta temporada bastante elogiada pela crítica especializada. Para além de ter criado e realizado a primeira temporada de Homecoming, para a Amazon Prime Video, que também recolheu inúmeras críticas positivas, serviu igualmente de produtor executivo na série Briarpatch, da USA Network, entretanto cancelada.

O anúncio foi feito na mesma semana em que a Netflix conseguiu o acordo para produzir e transmitir o novo filme dos irmãos Joe e Anthony Russo, The Gray Man, noticiado como sendo a produção mais cara de sempre na história da plataforma, contando com um orçamento de mais de 175 milhões de euros. A dupla de realizadores é responsável pelo filme mais lucrativo de todos os tempos, Vingadores: Endgame. Os papéis principais ficarão a cargo de Ryan Gosling e Chris Evans.

Mais Artigos
Big Brother
Bruno abandona a casa do ‘Big Brother – A Revolução’