Naya Rivera Glee Santana Lopez
Fotografia: Reprodução

Naya Rivera: Recorda as melhores atuações a solo da Santana de ‘Glee’

Naya Rivera, atriz norte-americana de 33 anos, estava desaparecida desde 8 de julho, dia em que o filho foi encontrado sozinho no Lago Piru, na Califórnia, após um passeio de barco. O seu corpo foi encontrado esta segunda (13) pelas autoridades. Naya ficou conhecida pelo grande público por interpretar a cheerleader Santana Lopez na série Glee, que esteve no ar entre 2009 e 2015.

A série musical da Fox rapidamente conquistou o público, tornando-se num fenómeno mundial e numa das séries mais marcantes da última década. Durante as seis temporadas da série, Rivera protagonizou excelentes interpretações de músicas que todos nós conhecemos, ganhando destaque no enredo com a sua personagem extremamente sarcástica, que enfrenta a descoberta da sua sexualidade e a aceitação da mesma por si e pela sua família. A personagem tornou-se numa das mais carismáticas e queridas de Glee. Como forma de recordar o legado da atriz, recordamos algumas das suas melhores interpretações a solo na série que a tornou famosa.

8. Mine

Esta música de Taylor Swift é interpretada durante a quarta temporada, no episódio “Break-up”, no qual a personagem de Rivera, Santana Lopez, termina o relacionamento com Brittany, interpretada por Heather Morris. Uma atuação intimista e emotiva que deixa todos os fãs de coração partido.

7. Don’t Rain On My Parade

Popularizada por Barbra Streisand e já interpretada na série por Lea Michele, esta música do musical “Funny Girl” marca o início de um dos fios condutores da narrativa da primeira parte da quinta temporada. Uma versão mais fluída e menos teatral do que a de Michele, que segue mais proximamente a interpretação de Streisand.

6. Alfie

Música eternizada por Cilla Black e parte integrante da banda sonora do filme de 1966 com o mesmo nome, é interpretada na sexta e última temporada, quando Lopez se prepara para casar com Brittany – o grande amor da sua vida – e procura convencer a avó (Ivonne Coll), que não apoia a sua relação pelas suas convicções religiosas, a ir ao casamento. É uma das interpretações mais esquecidas da atriz, devido ao declínio sofrido pela série nas suas últimas temporadas. No entanto, é digna de destaque pela sua carga sentimental e pela excelente prestação de Rivera.

5. Girl on Fire

Quem não adora uma boa música de empoderamento feminino? Este grande sucesso de Alicia Keys é interpretado durante a quarta temporada e marca uma reviravolta significativa para a personagem de Rivera, com a sua mudança para Nova Iorque, onde vai procurar lutar pelos seus sonhos, juntando-se a Rachel Berry (Lea Michele) e a Kurt Hummel (Chris Colfer).

4. Songbird

Santana Lopez (Naya Rivera), que vai descobrindo a sua sexualidade nas primeiras três temporadas da série, acaba por declarar o seu amor pela amiga de longa data Brittany S. Pierce (Heather Morris), através da interpretação desta música dos Fleetwood Mac, no episódio “Rumours”, da segunda temporada. O casal Brittana, como é conhecido entre os fãs da série, é ainda hoje um dos casais mais queridos pelo público e um dos casais LGBT mais marcantes da televisão.

3. Back to Black

Algo que tem de ser dito: ninguém interpretou Amy Winehouse de forma tão autêntica como Naya Rivera. O tom sensual e amargurado com que canta esta música deixa qualquer um rendido aos seus encantos vocais. Sem margem de dúvidas, uma das interpretações mais bem conseguidas da segunda temporada.

2. Valerie

Qualquer Gleek colocaria esta música nesta lista. A primeira música a solo de Santana Lopez (Naya Rivera) é mais uma prova do potencial vocal da atriz, marcando o início de uma linha narrativa muito mais dinâmica e presente da personagem no enredo da série. A interpretação é soberba e a coreografia executada por Brittany (Heather Morris) e Mike Chang (Harry Shum Jr.) coloca um sorriso no rosto de qualquer um.

1. If I Die Young

A trágica morte de Naya não foi a única a deixar em choque os fãs e o elenco da série. Em 2013, Cory Monteith, que interpretava o quarterback Finn Hudson, faleceu vítima de uma overdose. O elenco reuniu-se no terceiro episódio da quinta temporada num memorial ao ator. “If I Die Young” de The Band Perry, interpretada então por Rivera, é uma das atuações mais emotivas de toda a série, não deixando ninguém indiferente, quando a atriz irrompe em lágrimas. Tragicamente o corpo de Naya foi encontrado no dia em que se evocam sete anos da morte do ator e colega Cory Monteith.

Mais Artigos
Anatomia de Grey
Porque ‘Anatomia de Grey’ decidiu infetar personagens com a Covid-19