Nazaré SIC
Fotografia: SIC / Divulgação

‘Nazaré’ despede-se com recorde e ajuda ‘Agricultor’ contra ‘Big Brother’

A telenovela Nazaré terminou, este domingo (5), a sua primeira temporada. No final, bateu recorde de quota de mercado, e contribuiu para uma vitória dilatada da SIC, a quem o dia correu de feição.

A trama protagonizada por Carolina Loureiro despediu-se com 17,5% de audiência média e 32,5% de share. Enquanto este último valor corresponde ao máximo registado este ano, a audiência foi mais alta uma vez, a 23 de abril, numa altura em que o consumo televisivo estava mais elevado, devido ao período de isolamento em vigor em todo o país.

Este valor contribuiu para prejudicar o início do Big Brother, cuja primeira parte não foi além de 10,9% de audiência média e 20,6% de share. Em sequência do episódio de Nazaré, Quem Quer Namorar com o Agricultor liderou durante aproximadamente 40 minutos, com 13,6% de audiência média e 27,6% de share no primeiro segmento e, depois, com o bloco A Despedida a marcar 12,6% de audiência e 26,6%.

O programa da TVI recuperou depois das 23h10. A Expulsão marcou 12,5% de audiência média e 26,6%. Big Brother – As Nomeações, tradicionalmente o bloco mais forte da noite de domingo, manteve essa tendência, com 9,9% de audiência e 29,9% de share. Na SIC, Quem Quer Namorar com o Agricultor, com os blocos O Balanço (11,5% / 25,1%), A Visita (9,3% / 25,9%), O Adeus (8,7% / 27,8%) e O Pedido (8,4% / 29,8%) não voltou a liderar.

Apertado entre a competição das privadas, o formato Batalha de Jurados, da RTP1, desceu para o pior valor desde a estreia: 4% de audiência e 8,2% de share.

A RTP1 marcou mesmo o pior valor do ano este domingo, com 8,6% de share. A SIC chegou ao segundo valor mais alto do ano, com 23% de quota de mercado no Total Dia, enquanto a TVI registou 16,8%.

Lê também: Segunda temporada de ‘Nazaré’ já tem data de estreia

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Catarina Furtado
Catarina Furtado garante que nunca quis ser diretora de um canal de televisão