Cláudio Ramos Big Brother
Fotografia: TVI / Divulgação

Big Brother. Inscrições abertas para a edição que vai ser uma “Revolução”

A próxima edição do Big Brother está mesmo confirmada para o fim deste ano. As inscrições já abriram, depois de um anúncio na gala. Os resultados competitivos do reality-show, que trouxe a TVI de novo para a disputa dos domingos à noite, confirmam algo que já era falado há alguns meses pela imprensa da especialidade.

Cláudio Ramos anunciou, na emissão deste domingo (5), o Big Brother – A Revolução. De acordo com o apresentador, a nona edição do reality em Portugal será mais interativa e imprevisível, com novidades a acontecer todas as semanas, e um uso ainda mais intenso da aplicação e das várias páginas do formato nas redes sociais.

O anfitrião do formato anuncia que esta estreia acontecerá “depois das férias” e é prometido que “os jogadores terão de ser muito mais ativos na casa” para conseguirem seguir em frente no formato. De acordo com a MAGG, “O jogo vai viver muito mais dos acontecimentos do momento, com impacto no momento, e que chegam aos telespetadores também no momento graças às redes sociais, tornando o formato mais interativo e multiplataforma“.

Estas novas ferramentas vão também tornar a popularidade e ação de cada jogador muito mais volátil, dado que a avaliação dos telespectadores acontecerá em tempo real. A TVI quer, com este novo formato, fazer com que os participantes sejam mais competitivos e ativos dentro da casa.

Este ano, o Big Brother teve alterações em relação às suas edições tradicionais, com o arranque a ter acontecido em “modo quarentena”, naquilo que foi intitulado de BB Zoom. A estreia do programa neste formato não convenceu de imediato os telespectadores, mas na última semana foram batidos máximos de audiência.

Lê também: ‘Quem Quer Ser Milionário’. Concorrente diz #ForaBolsonaro e viraliza no Brasil
Mais Artigos
Delphine Seyrig
Festa do Cinema Francês regressa em outubro para 21.ª edição