Cliveon concerto
Fotografia: Deco Proteste / Divulgação

Cliveon: “Quem nos inspirou foi o Bruno Nogueira”

A Cliveon, plataforma online cujo nome é o acrónimo de Culture Live Online, arrancou esta semana com um concerto de Pedro Abrunhosa, no dia 1. Miguel Belo, diretor-geral do Brain Entertainment Group, responsável por este projeto, falou ao podcast do Espalha-Factos, o Fita Isoladora, sobre este arranque.

“Quem me inspirou foi o Bruno Nogueira, porque ele começa a fazer os lives dele no Instagram, e de repente são 10 mil, 20 mil, 50 mil… e acaba com 170 mil, e foi uma coisa incrível. E mesmo antes do último eu pensei ‘é preciso fazer alguma coisa para este tipo de conteúdos renderem de alguma forma para os artistas’. O público, no fundo, respeita e tem de ser educado a colaborar com os artistas“, explica.

Com este preço tão barato [dois euros por bilhete] acho que podemos mudar o paradigma de as pessoas não estarem habituadas a pagar por cultura e, felizmente, está a correr bem. Temos consciência de que temos um tempo para crescer ainda mais, e a quantidade de respostas positivas que estamos a receber à plataforma fazem-nos pensar isso“.

Espetáculos, mas não só

A acessibilidade e a experiência de cada utilizador no acesso à Cliveon estiveram também em foco na conversa, sendo explicado que além dos espetáculos ao vivo, o streaming dará acesso também a visitas de museu previamente gravadas.

Enquanto nos espetáculos a transmissão é em direto e só pode ser vista no momento em que está a acontecer, no caso das visitas de museu, estas ficam disponíveis durante um mês depois da aquisição do bilhete online. Os artistas a atuarem poderão também interagir em direto com o público, através de um painel de mensagens, do tipo chat, que será mostrado num ecrã perto do palco.

O episódio completo pode ser ouvido no SpotifyApple PodcastsGoogle Podcasts, AnchorBreaker e RadioPublic.

Ouve aqui:

Mais Artigos
Filomena Cautela Quem Quer Ser Milionário
‘Quem Quer Ser Milionário: Alta Pressão’ ganha mais um dia de emissão