Dababy e Roddy Rich nos BET Awards
Atuação relembra George Floyd (Reprodução/DR)

Black Lives Matter: das ruas aos palcos dos BET Awards

Artistas levaram à cerimónia a mensagem ecoada em protestos por todos os Estados Unidos

Os BET Awards tiveram lugar no domingo (28), e não ficou esquecido o reconhecimento às causas que têm tido palco nas ruas. Os artistas levantaram, nas suas perfomances, atenção ao movimento Black Lives Matter, que desde o final de maio tem promovido manifestações pelos Estados Unidos.

O clássico ‘Fight the Power’, dos P.E., marcou presença. Foi apresentado pelos Public Enemy em conjunto com Questlove, Black Thought, YG, Rhapsody Team e Nas. Os artistas tiveram como cenário uma bandeira americana ligeiramente modificada, com as cores vermelho, preto e verde.

Incluíram na apresentação imagens dos protestos recentes, e a letra da canção passou a contar com os nomes de George Floyd e Breonna Taylor. Estiveram em foco as incontáveis vidas perdidas pelo racismo e brutalidade policial.

Kneeling

Ruas vazias, mas com a companhia de sempre: o piano. A canção ‘Perfect Way To Die’, de Alicia Keys, foi apresentada pela cantora, e conta, sob a perspetiva de uma mãe, a história de um jovem que foi morto nas ruas.

Keys trouxe para os palcos nome de dezenas de mulheres de cor mortas por violência policial. No final da performance, a cantora ajoelhou-se, em protesto.

Trazer a mensagem ao número 1 dos charts 

O rapper DaBaby, vencedor do prémio BET de Melhor Artista Masculino de Hip-Hop, recriou a morte de George Floyd na sua atuação, em conjunto com Roddy Rich. Cantou a música ‘Rockstar’ na posição em que Floyd foi posto pelo polícia: com a cabeça voltada para baixo, no chão, com um homem vestido de polícia a pôr o joelho no seu pescoço.

Enquanto DaBaby cantava, pessoas apareceram no palco vestidas com t-shirts com os nomes de pessoas que perderam a vida nas mãos da polícia.

Noutro segmento da cerimónia, os artistas disseram os nomes de vítimas de violência policial enquanto estes apareciam na tela. Entre os que participaram na homenagem, esteve o realizador Spike Lee, o cantor Kendrick Lamar e os atores Sterling K. Brown e Idris Elba.

Tributo a Bryant

O rapper Lil Wayne prestou tributo a Kobe Bryant, com uma performance da sua canção de 2009 que tem o nome do jogador de basquete. Foi acompanhado por imagens de Bryant a jogar pelos Lakers. No final da música, uma breve modificação: Wayne incluiu condolências à esposa de Bryant, Vanessa, e aos seus filhos.

 

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Beavis and Butthead
Beavis and Butthead vão regressar com duas novas temporadas