Rolling-Stones

Rolling Stones ameaçam processar Donald Trump

Em causa está o uso não autorizado das músicas da banda britânica durante os comícios do presidente americano

Os Rolling Stones ameaçam processar Donald Trump, se o político continuar a utilizar as músicas da banda durante os comícios. Em causa está a utilização do tema ‘You Can’t Always Get What You Want‘ no último comício em Tulsa.

A banda britânica está decidida a impedir que o presidente norte-americano utilize as músicas da banda durante as suas iniciativas partidárias. Em comunicado, a banda avisou: “Esta pode ser a última vez que o Presidente Donald Trump utiliza canções dos Stones”. No comunicado publicado pela Deadline, pode ainda ler-se “Apesar das indicações de cessação e desistência de Donald Trump no passado, os Rolling Stones decidiram tomar medidas adicionais para impedir a utilização das suas canções no futuro e em todas as suas ações de campanha”. 

O assunto já foi entregue aos advogados da banda, que estão em contacto com a associação internacional responsável pela protecção dos direitos de autor (BMI). A campanha de Trump foi já notificada pelo BMI, e avisada de que o uso não autorizado de músicas constitui uma violação dos direitos de autor. A associação avisou ainda que Trump pode vir a enfrentar um processo por reprodução não autorizada da música.

Também a família do falecido Tom Petty se viu revoltada com Trump. O tema ‘I Won’t Back Down, do cantor falecido em 2017 , foi também utilizado no comício de Tulsa. A família do cantor avisou o presidente que Petty jamais concordaria com a utilização de um tema seu numa “campanha de ódio”.

LÊ TAMBÉM: Angélico Vieira. Há nove anos, partia o ídolo da ‘Geração Morangos’

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Pedro Almodóvar
Pedro Almodóvar prepara novo filme entitulado ‘Madres Paralelas’