'Tenet' | Fotografia: Warner Bros./Divulgação

Warner Bros. adia a estreia de ‘Tenet’ para relançar ‘Inception’

A produtora Warner Bros. anunciou o adiamento a estreia do thriller Tenet, o novo e tão esperado filme de Christopher Nolan, do dia 17 de Julho para 31 de Julho. A data de lançamento tem sido acompanhada de muito perto pela indústria cinematográfica, que desde março de 2020 enfrenta um período atribulado, com salas de cinema fechadas devido à Covid-19.

“Estamos especialmente empolgados neste ambiente de constante mudança por estarmos a levar o Tenet de Christopher Nolan, um ‘blockbuster’ de um tamanho, alcance e escala de deixar o queixo caído, aos cinemas mundiais no dia 31 de Julho”, explicou em comunicado o presidente da produtora, Toby Emmerich.

O presidente da Warner Bros. Pictures acrescenta ainda que “para agradecer aos fãs de Chris” no dia original da data do lançamento o estúdio irá relançar Inception, a “obra-prima” de Nolan nas salas de cinema a 17 de julho, numa exibição especial que comemora o 10.º aniversário do filme.

Tal como Inception, a nova longa-metragem segue um enredo tão complexo em que até Robert Pattinson, um dos atores que atua no novo filme do diretor, testemunha que “é um filme muito complicado, como todos os filmes do Chris” e também que “é preciso vê-lo três ou quatro vezes para compreender o seu verdadeiro significado”, acrescenta.

Apesar das informações sobre o enredo serem ainda vagas, sabe-se que o protagonista, John David Washington, interpreta o papel de um agente secreto que tenta prevenir a 3.ª Guerra Mundial, numa missão que se desenrola para além do tempo real. Só que, desta vez, Nolan joga com o tempo de maneira distinta ao que fez em filmes como Memento ou mesmo em Inception. O processo será de inversão, tendo como dica principal o título do filme que ao inverso se lê exatamente da mesma maneira.

Depois de Hollywood ter adiado todos os lançamentos dos seus blockbusters, apenas a Warner Bros. mantinha a data de estreia de Tenet inalterável. Finalmente foi anunciado que a longa-metragem não vai estrear na data prevista, pelos cinemas estarem fechados há já alguns meses e ainda não ser claro qual vai ser a adesão das audiências às salas de cinema após a reabertura.

Contudo, a Associação Nacional de Proprietários de Cinemas dos Estados Unidos mostra-se otimista e transparente ao afirmar que “ao longo destes últimos meses têm mantido a Warner Bros. bem informada do seu esforço para reabrir os seus cinemas, de acordo com os requisitos governamentais de saúde e segurança, e esperam ansiosamente que, no dia 31 de Julho, o público desfrute do Tenet nos seus cinemas em todo o mundo”.

As cadeias e salas de cinema estão a depositar expectativas no filme, depois de um 2020 desastroso para os cinemas, uma vez que Christopher Nolan já habituou o público a títulos bem-sucedidos, como Inception, Dunkirk ou a saga The Dark Knight.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
sugestões
Sugestões culturais: os eventos de verão para desconfinar de Norte a Sul de Portugal