A Canção de Lisboa, RTP1
Fotografia: RTP/Divulgação

Clássicos do cinema português estão de volta na RTP1

A RTP1 vai exibir, entre os dias 11 e 14 de junho, três clássicos do cinema português. A programação conta com os títulos A Canção de Lisboa, O Pátio das Cantigas e O Pai Tirano.

O ciclo de clássicos do cinema nacional da RTP1 inicia na quinta-feira (11), às 15h45, com o filme A Canção de Lisboa, de Cottinelli Telmo. A programação é interrompida na sexta-feira (12) e regressa no sábado (13), pelas 00h15, com O Pátio das Cantigas, de Francisco Ribeiro. Segue-se O Pai Tirano, de António Lopes Ribeiro, no domingo (14), pelas 15h30. De acordo com a promoção emitida pelo canal público, todos os filmes, lançados nos anos 40, serão emitidos em alta definição.

A Canção de Lisboa Dia 11 – 15h45

A Canção de Lisboa, RTP
Fotografia: RTP/Divulgação

No filme de Cottinelli Telmo, Vasco Leitão é estudante de Medicina que vive em Lisboa. Mantém-se graças à mesada das suas tias de Trás-os-Montes, que nunca vieram à capital e o consideram um excelente aluno, uma vez que ele lhes mandou dizer um que era doutor, exercendo num riquíssimo consultório. Porém, o protagonista troca facilmente os estudos pelos retiros de fado, arraiais, bailes e mulheres bonitas. Entre estas, destaca-se Alice, uma costureira do Bairro dos Castelinhos, que não agrada nada ao pai do jovem.

Entre várias peripécias, Vasco sofre também alguns azares: no mesmo dia que chumba no exame de final de curso, é posto pelo seu senhorio na rua e recebe uma carta das tias, anunciar a sua visita, a fim de conhecer Lisboa e de admirar a riqueza que promoveram ao sobrinho.

O Pátio das Cantigas Dia 13 – 00h15

O filme português de 1942 apresenta um típico pátio lisboeta, por altura das festas dos Santos Populares, onde um punhado de gente simples vive o seu quotidiano, os seus sonhos, desilusões, paixões, ciúmes e alegrias numa atmosfera quase encantada. Numa produção com vários protagonistas, são apresentados Alfredo (Carlos Otero) e Carlos (António Vilar), dois irmãos que namoram com as jovens Amália (Maria Paula) e Suzana (Graça Maria), também irmãs. Conhecemos ainda Narciso (Vasco Santana), Rufino (Ribeirinho), Rosa (Maria José das Neves), Evaristo (António Silva) e Celeste (Laura Alves), personagens que vivem a sua vida ao rubro e as romarias ainda mais.

O Pai Tirano Dia 14 – 15h30

O Pai Tirano, RTP
Fotografia: RTP/Divulgação

A longa-metragem de António Lopes Ribeiro, exibida na RTP1, retrata a tempestuosa paixão de Chico Mega (Francisco Ribeiro), um jovem amador dramático, caixeiro nos Armazéns Grandella, por Tatão (Leonor Maia), uma simpática, empregada da Perfumaria da Moda. Ao descobrir que a sua amada está a voltar a sua atenção para outro homem, Artur de Castro (Arthur Duarte), Chico faz de tudo para ganhar o amor da jovem de novo. No entanto, durante o processo, o rapaz descobre uma série de equívocos entre a sua personagem e a vida real leva a um fabuloso jogo de duplos sentidos e primorosos diálogos numa comédia inesquecível.

Lê também: ‘Selma’ é exibido na televisão aberta

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.