John Boyega em manifestação pelo movimento Black Lives Matter
Reprodução/D.R

John Boyega participa em protesto ‘Black Lives Matter’: “Não sei se terei carreira depois disto”

John Boyega, ator que participou na mais recente trilogia Star Wars, discursou no Hyde Park em Londres nos protestos do movimento Black Lives Matter. Frente a uma multidão, Boyega mostrou apoio à família de George Floyd, homem que morreu em Minneapolis, no estado de Minnesota, nos Estados Unidos.

“Eu preciso que entendam o quão doloroso é ser lembrado todos os dias de que a sua raça não significa nada” é uma das frases emotivas que John Boyega exclamou nos protestos desta quarta-feira, dia 3 de junho, em Londres. O ator, que interpretou Finn na nova trilogia de Star Wars, admite inclusivamente receio de que a sua carreira possa terminar devido à sua participação pública nestes protestos.

Visivelmente emocionado, Boyega proferiu que “as vidas negras sempre importaram”. O britânico salientou ainda que a comunidade negra sempre foi importante. “Sempre tivemos significado. Sempre tivemos sucesso, apesar de tudo. E agora é a altura. Eu não vou esperar”, vociferou, sem deixar de mostrar o seu apoio a manifestações de teor pacífico.

“Não sei se vou ter uma carreira depois disto, mas que se f*da”, chega mesmo a admitir.

No entanto, a produtora Lucasfilm já fez um comunicado para expressar apoio ao ator britânico, referindo que John Boyega “é um herói”.

Para além disso, Mark Hamill, que contracenou com John Boyega em Star Wars, apoiou-o publicamente no Twitter. Os realizadores Jordan Peele, Rian Johnson e Edgar Wright seguiram o exemplo e elogiaram as atitudes do ator britânico.

É de relembrar que George Floyd foi assassinado em Minneapolis, nos EUA. Devido ao acontecimento, tem havido manifestações contra o racismo e a violência policial um pouco por todo o mundo.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Opto SIC Globoplay
OPTO e Globoplay: semelhanças e diferenças na guerra dos streamings