doclisboa
DocLisboa 2020 | Fonte: Twitter Oficial Doclisboa

Doclisboa anuncia novo formato para 2020

De modo a adaptar-se a este nova fase em que vivemos, o Festival Internacional de Cinema DocLisboa anunciou um novo formato. Ao invés das duas semanas habituais do festival, a programação divide-se agora em seis módulos, entre outubro de 2020 e março de 2021. Segundo o comunicado de imprensa, “cada momento será antes guiado por uma ideia orientadora sob a qual estarão filmes que trazem consigo a habitual diversidade formal e temática“.

A primeira fase do festival terá lugar entre 22 de outubro de e 21 de novembro de 2020. Ainda não se sabe como decorrerá a primeira fase do festival, mas na segunda, a acontecer entre novembro de 2020 e março de 2021, o Doclisboa contará com uma nova programação a cada mês, nas salas do Cinema São Jorge, Culturgest, Cinemateca Portuguesa e Cinema Ideal. As competições e secções usuais não decorrerão como normalmente, mas os debates e as conversas sobre as possibilidades e questões lançadas pelos filmes acontecerão frequentemente. O Nebulae, secção especial do festival dedicado à indústria cinematográfica lançada na última edição será transportado para o online.

Lê também – RTP2 homenageia Camilo Castelo Branco com transmissão de ‘Mistérios de Lisboa’

A atual direção do festival, desta edição do festival, composta por Miguel Ribeiro, Joana Gusmão e Joana Sousa, realça, numa mensagem oficial, as dificuldades da indústria cultural no contexto da pandemia e criticam as fracas respostas por parte do Governo relativamente aos profissionais do setor:

A situação actual torna ainda mais evidentes as dificuldades e desafios de fazer e mostrar cinema em Portugal. A par de todas as restrições, deparamo-nos com uma política cultural e laboral insuficiente que não respeita condignamente os profissionais do sector. A nossa solidariedade é total e reiteramos que os filmes portugueses que exibiremos este ano no festival serão por si só, pelo facto de terem sido feitos, um acto de resistência.

Enquanto a nova edição não arranca, o Cinema Ideal, que reabre a 1 de junho, recupera o programa 6.doc entre 25 de junho e 1 de julho, exibindo sete filmes que estrearam no festival em 2019.

 

Mais Artigos
patrick
‘Patrick’, de Gonçalo Waddington, ganha novo trailer