Elisa
Fotografia: EF via RTP

Podcast. Elisa “gostava muito” de um dia ir à Eurovisão, mas “é complicado”

Elisa, que seria a representante portuguesa na Eurovisão 2020, falou com o podcast Fita Isoladora, do Espalha-Factos, sobre o cancelamento do concurso, a experiência no Festival de Canção e as esperanças que tem para o futuro artístico. Admite que uma oportunidade no certame europeu seria algo de que gostaria muito.

É muito complicado. Eu não sei o que é que o futuro guarda para mim, ou para a Marta [Carvalho, compositora da canção], é muito complicado responder [sobre uma eventual participação futura na Eurovisão]”, começa por dizer a cantora.

Lê também: Eurovisão. Os anos em que Portugal também ficou por casa

Eu gostava muito, mas ao mesmo tempo, eu e a Marta ganhámos com este tema, e agora voltar ao Festival, seja eu sozinha, ou a Marta sozinha, acho que nós as duas vamos partilhar (…) remorsos por não estarmos a fazê-lo juntas. E se o fizermos juntas vai ser com outra música, e não vai ter o mesmo impacto, porque esta foi a música que ganhou. Eu não sei, é um pouco agridoce… é complicado responder, e também não sei o que é que o futuro guarda“, sublinha a intérprete de Medo de Sentir.

Elisa, de 21 anos, venceu a edição 2020 da final nacional portuguesa, mas não chegou a representar Portugal em Roterdão, nos Países Baixos. Em virtude da pandemia de Covid-19, o Festival Eurovisão da Canção foi cancelado pela primeira vez em mais de meio século. Este sábado (16), a RTP1 transmite um especial de homenagem intitulado Europe Shine a Light.

A cantora madeirense junta-se para uma conversa com João Malheiro, Pedro Miguel Coelho e Tiago Serra Cunha no episódio semanal do podcast do EF.

Bruno Nogueira e atores portugueses no estrangeiro também em foco

No episódio desta semana, o sucesso dos diretos Como É Que O Bicho Mexe?, que terminaram em apoteose na noite desta sexta-feira (15), estiveram também em discussão com Helena Moreira e Madalena Soares, editoras do Espalha-Factos e fãs do formato de Bruno Nogueira.

A ascensão de atores portugueses no estrangeiro, como Nuno Lopes, em White Lines, ou Albano Jerónimo e Miguel Amorim, na série The One, foi motivo para outro tópico de conversa, num episódio que passa em revista os principais factos da semana.

Ouve aqui:

podcast, que já está disponível para audição, tem todos os episódios para escuta nas plataformas SpotifyApple PodcastsGoogle Podcasts, AnchorBreaker e RadioPublic.

Os microepisódios da semana:

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Filomena Cautela
Podcast. O que vem aí no futuro de Filomena Cautela?