White Lines
Fotografia: Netflix / Divulgação

‘White Lines’: criadores revelam como surgiu esta colaboração bilingue

É já esta sexta-feira, dia 15 de maio, que estreia a nova série da Netflix 'White Lines'

White Lines, a série que junta o criador de La Casa de Papel, Álex Pina, e o diretor da empresa britânica que produziu The Crown, Andy Harries, vai estrear-se a 15 de maio na Netflix. A saga espanhola foi filmada entre junho e outubro de 2019 nas Ilhas Baleares de Maiorca e Ibiza.

O produtor da Left Bank Pictures, Andy Harries, ambicionava criar uma série que unisse a Grã-Bretanha com Ibiza e viu em Álex Pina uma oportunidade. “Eu percebi imediatamente que ele estava lá em cima como um dos grandes“, lembra Harries à Deadline. Por outro lado, Álex Pina não esconde que inicialmente duvidou do projeto, mas “essas preocupações foram rapidamente vencidas por conversas criativas“, afirma à mesma publicação.

Os dois produtores, que parecem ter a fórmula para o sucesso internacional, uniram-se. Após cinco meses de filmagens, é já esta sexta-feira, dia 15 de maio, que estreia na Netflix White Lines: uma série com dez episódios garantidos. A história desenvolve-se a partir do homicídio de um DJ britânico, em Ibiza, nos anos 90. 20 anos depois, o corpo é encontrado e a sua irmã regressa à ilha espanhola para descobrir o que aconteceu.

A história não só se passa durante dois períodos de tempo completamente diferentes, como também apresenta um elenco que conta com atores britânicos, como Daniel Mays e Laura Haddock, atores espanhóis, como Belén López e Juan Diego Botto, e ainda atores portugueses como Nuno Lopes e Rafael Morais.

Lê também Entrevista a Nuno Lopes: “White Lines é um caleidoscópio louco”

Ao Espalha-Factos, Nuno Lopes disse que “é sempre complicado representar num idioma diferente do nosso. No meu caso, tive a tarefa dificultada porque estava a representar em duas línguas [inglês e espanhol], cria sempre um choque”. Quanto à mistura de idiomas, Andy Harries não prevê dificuldades, “os espanhóis falam espanhol coloquial com os seus ritmos naturais e o inglês também é perfeitamente natural ”, reforça à Deadline.

Álex Pina caracteriza a série que criou, La Casa de Papel, como um “milagre“, afirmando que é um exemplo claro de que é possível ficar lado a lado com os escritores americanos. O produtor mostra como as produções ibéricas podem alcançar notoriedade internacional e espera-se que esta colaboração o volte a comprovar.

As filmagens de White Lines terminaram em outubro e, por isso, a série conseguiu escapar à Covid-19. No entanto, com a sua estreia, os fãs de praia e calor podem, sem sair de casa, chegar às Ilhas Baleares. Os dois produtores acreditam que a série vai ser uma “janela para o oxigénio“, prometendo episódios “cheios de sol, cheios de luz e cheios de belas paisagens“.

Mais Artigos
Operação Marquês
TVI tem cobertura especial no ‘Dia D’ da Operação Marquês