Audrey Hepburn
Fonte: http://www.harpersbazaar.com/

90 anos de Audrey Hepburn: cinco filmes para recordar a atriz

Um dos nomes mais icónicos do cinema celebraria hoje 90 anos. Audrey Hepburn deixou um vasto legado, não só a nível cinematográfico como também no mundo da moda e nas causas humanitárias. Audrey Hepburn, um nome que vale a pena conhecer.

Seria comemorado hoje o 90.º aniversário de Audrey Hepburn. A estrela de cinema conhecida pelo seu icónico papel em Breakfast at Tiffany’s morreu há 27 anos, mas nem por isso caiu no esquecimento. A par do cinema, Hepburn teve a sua vida marcada pelo ballet e pelo teatro, onde o seu talento começou a chamar a atenção. Uma vez no cinema, Audrey foi somando vários sucessos estabelecendo-se assim como uma das mais respeitadas atrizes da sua geração.

Conhecida pela sua figura alta e magra, Hepburn trouxe também consigo um novo ideal de beleza, numa altura em que Marilyn Monroe era considerada a imagem da mulher perfeita. Bonita, simpática, talentosa e com um estilo simples e copiado ainda hoje. A par dos seus atributos como atriz, Audrey Hepburn revelou ser também devota a causas humanitárias, tendo sido nomeada em 1989 Embaixadora da Boa Vontade da UNICEF. Com tantas qualidades não é de admirar que Hepburn continue a ser uma das mais queridas atrizes de todos os tempos. Neste aniversário, fica a conhecer alguns dos filmes de maior sucesso da atriz.

Roman Holiday (1953)

Audrey Hepburn e Gregory Peck em 'Férias em Roma'
Audrey Hepburn e Gregory Peck em ‘Férias em Roma’ | Paramount Pictures

O primeiro grande sucesso cinematográfico da atriz foi realizado por William Wyler (Ben Hur). Nesta comédia, Hepburn desempenha o papel da princesa Ann, que decide ir passear anonimamente a Roma. Nesta viagem conhece o jornalista Joe Bradley, interpretado por Gregory Peck, que depois de reconhecer a princesa tem como objetivo expô-la num artigo que lhe valerá muito dinheiro. Um filme que valeu a Hepburn o Óscar de Melhor Atriz.

Sabrina (1954)

Neste filme de Billy Wilder (Some Like It Hot), Hepburn interpreta Sabrina, uma jovem de uma família abastada que depois de dois anos em Paris decidi voltar a casa. O seu regresso chama a atenção dos irmãos David e Linus, que irão lutar pelo amor da jovem. Um filme com Humphrey Bogart (Casablanca) e William Holden (Golden Boy).

Cinderela em Paris (1957)

A trabalhar para a conceituada revista feminina Quality Magazine, o fotógrafo Dick Avery procura uma nova cara para a revista. Dick encontrará o rosto perfeito em Jo (Audrey Hepburn), uma bela jovem que trabalha numa biblioteca. Com alguma reluntância, Jo aceita ir para Paris para ser a nova cara da revista, começando assim uma nova aventura. Um filme de Stanley Dolen (Singin’ in the Rain) com Fred Astaire (Top Hat) e Michel Auclair (The Day of the Jackal).

Breakfast at Tiffany’s (1961)

Audrey Hepburn em Breakfast at Tiffany's

Um dos mais conhecidos, senão o mais conhecido da carreira de Hepburn, é uma adaptação do best-seller homónimo de Truman Capote. Conta a história de Holly Golightly, uma mulher sedutora que trabalha como acompanhante. O seu mais recente vizinho (Paul Varjak) é escritor que está a fazer uma pausa na sua carreira e começa a ficar intrigado com o comportamento de Holly. Um filme de Blake Edwards (A Pantera cor-de-rosa).

My Fair Lady (1964)

Esta adaptação da peça de teatro Pigmalião, de George Bernard Shaw, conta a história Eliza Doolittle, uma mulher que vende flores pelas ruas de Londres. Ela irá conhecer um professor de fonética que a torna numa verdadeira Lady. Um filme de George Cukor (A Star Is Born, 1954) com Rex Harrison (Cleopatra) e Stanley Holloway (The Lavender Hill Mob).

Lê também: Sete filmes a não perder nos canais da RTP em maio
Mais Artigos
Vera Kolodzig
Vera Kolodzig junta-se à ficção da SIC