Jogo da Caixa RTP
RTP

Opinião. ‘Jogo da Caixa’ é o ‘game show’ lá de casa

O novo formato da estação pública transporta o espírito do confinamento social para o pequeno ecrã.

Jogo da Caixa é o novo programa da estação pública, estreado na noite deste sábado (2). Em tempos de isolamento social, o formato reúne várias famílias de figuras públicas à volta da mesa para cumprirem desafios.

O programa é exibido numa faixa até aqui ocupada, aos sábados à noite, pela exibição de Conta-me Como Foi, que chegou ao fim no passado domingo. Rodrigo Gomes, um dos repórteres do magazine Faz Faísca, estreia-se aqui na condução de um formato a solo.

É ele mesmo que faz a introdução do novo programa e explica as regras do jogo: tudo acontece à volta de uma caixa com dez desafios. Mas detalhemos.

A mecânica do jogo

Quatro famílias. Uma caixa. 10 jogos. São estes os ingredientes que fazem cada edição do novo programa da estação pública. A estreia cabe às famílias de Catarina Furtado, Nelson Évora, Paulo Battista e Toy. Cada família encontra-se a jogo na respetiva casa, já que este é, como os tempos impõem, um formato gravado à distância.

Todos os grupos de concorrentes têm uma caixa — elemento central do jogo — com dez desafios. Em cada desafio, podem acumular até 50 pontos, sendo que o seu objetivo é superar a caixa e conquistar o maior número de pontos possível para destronarem as famílias adversárias. No último desafio, os concorrentes não recebem 50 pontos ao conseguirem superá-lo, mas sim a duplicação da pontuação até aí acumulada.

Nélson Évora no Jogo da Caixa RTP
A ideia do programa é que o jogos possam ser reproduzidos em casa.

Para cada desafio, as famílias retiram da caixa um conjunto de objetos. Os jogos requerem objetos simples, que qualquer família tem em sua casa. Por exemplo, num dos desafios deste primeiro programa, cada família tinha de transmitir um provérbio popular aos restantes com recurso apenas a objetos de casa, sem utilizar palavras.

Este é o objetivo fulcral do formato: criar um cenário de interação familiar que possa ser recriado em casa, pelos telespectadores. “O Jogo da Caixa é o mais democrático da televisão porque todos podem participar”, resumia o anfitrião no final da emissão.

Os concorrentes

No início do programa, coube a cada família apresentar-se aos telespectadores. Neste momento, é notória a replicação do ambiente familiar no pequeno ecrã. Cada família partilha experiências da vida em quarentena: “os meus filhos passam o dia nos videojogos” é uma das frases ouvidas e que, decerto, conquistará identificação por parte de quem a ouve.

Jogo da Caixa RTP
O formato é gravado com as quatro famílias à distância.

Neste ambiente de descontração, há mesmo espaço para a revelação/exibição dos talentos existentes no núcleo familiar. Toy, por exemplo, aproveita a introdução da sua família para improvisar um refrão relativo ao tema do programa. O facto de cada família jogar no seu ambiente natural — em sua casa e não num estúdio de televisão — imprime este caráter de naturalidade e camaradagem que o formato tenta transmitir.

Isso é notório no decorrer dos desafios: existem aquelas típicas picardias que acabam com alguém a acusar outro de mau perder. Mesmo o apresentador vai brincando com os concorrentes que pensam que deram a resposta certa, mas não.

O apresentador

Vindo do mundo da rádio, Rodrigo Gomes estreou-se em televisão há cerca de dois anos no Faz Faísca, um magazine da estação pública emitido aos domingos. Com Jogo da Caixa, ganha um espaço próprio naquele que é considerado o horário nobre da televisão portuguesa. Parece um grande desafio, mas Rodrigo também parece estar à altura.

Rodrigo Gomes estreia-se a solo no Jogo da Caixa RTP
Rodrigo Gomes estreia-se na condução de um formato a solo.

O apresentador traz ao formato uma naturalidade própria de quem está habituado à entrevista, ao contacto com os outros. E a sua tarefa aqui não está facilitada. Dado o programa ser gravado à distância, Rodrigo tem a difícil tarefa de fazer parecer natural um discurso que é produzido apenas em frente a uma câmara, quando em condições normais seria dito frente aos seus interlocutores. Boa aposta.

Um formato de proximidade

Jogo da Caixa pretende, assim, ser um formato que cria uma interação direta com o público, replicando a sua situação atual de confinamento. É uma lufada de ar fresco numa faixa horária que tradicionalmente juntaria famílias frente ao televisor. O programa faz constantemente o apelo a que quem está em casa se junte e participe nos desafios. Este é, não só o novo concurso da estação pública, mas também o game show lá de casa.

Mais Artigos
post malone
Post Malone dá concerto virtual para celebrar 25 anos de Pokémon