Festival del film Locarno 2010
Vista Pizza Grande, panoramiche

Festival de Cinema de Locarno não vai acontecer

A 73.ª edição do Festival de Cinema de Locarno estava marcada para agosto. A organização decidiu cancelar a edição deste ano devido à falta de condições provocada pela Covid-19.

Preparado para decorrer entre 5 e 15 de agosto, o festival cinematográfico foi cancelado pela direção do evento. Tendo em conta as limitações impostas pelas autoridades suíças, a organização concordou que o festival não tinha as condições necessárias para acontecer como habitualmente, anunciou em comunicado.

“Para nós, a prioridade era salvar o aspeto físico do festival, que está intimamente ligado ao seu cenário, pois o público de Locarno está neste lugar incrível entre um lago e uma montanha, onde tem a Piazza Grande com esta tela gigantesca”, disse a diretora artística do festival, Lil Hinstin.

De acordo com a direção do festival, em alternativa, vai ser lançada a iniciativa Locarno 2020, O Futuro dos Filmes’, com o objetivo de “apoiar o cinema de autor, independente”. A iniciativa vai dar prémios monetários a realizadores cujos filmes foram bloqueados pela pandemia e, portanto, estão a sofrer danos económicos. Vão ser disponibilizados conteúdos, tanto para profissionais como para público, em várias plataformas e se possível com exibição em sala, mediante condições de segurança.

A programação completa desta iniciativa ‘Locarno 2020’  vai ser revelada nas próximas semanas, adiantou o festival.

Em 2019, o filme Vitalina Varela’ do realizador português Pedro Costa venceu o Leopardo de Ouro, o prémio principal do festival. O Festival de Cinema de Locarno acontece desde 1946, o que o torna num dos festivais de cinema mais antigos do mundo. Os organizadores desejam que em 2021 possa decorrer normalmente.

De facto, a pandemia do novo coronavírus já levou vários festivais a fazerem reajustes no seu modelo de apresentação e programação. Por exemplo, Tribeca e Visions du Réel optaram pela edição exclusivamente online, enquanto  Veneza manteve a sua existência física (2 a 12 de setembro) e Cannes mantém-se na incógnita.

Enquanto isso, a Tribeca Enterprises e o YouTube anunciaram o We Are One: A Global Film Festival, um festival de cinema digital que vai ter a duração de 10 dias: entre 29 de maio e 7 de junho. O festival vai ser exibido em exclusivo no Youtube de forma gratuita. A programação, que inclui longas e curtas-metragens, entre ficção e documentário, e vários debates, vai contar com a curadoria de vários festivais, como os de Berlim, Cannes, Veneza e San Sebastian.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
The Circle
‘The Circle: EUA’. Está de regresso o reality show em que todos podem ser influencers