Fotogaleria: Movimento

O Espalha-Factos publica a fotogaleria de Rodrigo Fonseca Santos intitulada ‘Movimento‘. Neste período de distanciamento social, e em que as saídas em reportagem estão mais reduzidas, o nosso site tem incentivado os fotojornalistas a utilizarem o espaço editorial para publicarem outros trabalhos e explorarem mais as suas capacidades como autores de conteúdo próprio.

Atavam-me com cordas, tapavam-me os olhos e a boca para não poder ver o que respirava e para respirar o que não via, colocavam-me de lado, como um feto, para sentir na pouca pele que não estava tapada, o frio do azulejo. E ali ficava, dias sem me poder mexer, respirando o mesmo ar. Ali, tapado em zonas estratégicas, estava frio. Era eu e eu e o frio. De corpo mal marinado e desnutrido, só me restava encher de nutrientes a nuvem mãe e sentir, assim, o que era andar.

E lá fui eu, num passo tímido e medroso contra o azulejo, cobrindo cada vez mais terreno, gastando ainda mais o azulejo, entrado mais ar nos pulmões, lá fui eu e por eu ter lá ido, um sorriso ousou rasgar-me a face, afinal de contas eu podia andar. Andei muito e ao andar tanto os meus braços puderam-se mexer, e eu tocava em tudo, tocava na sua cara, no seu corpo, tocava até no seu coração. Convidei-a para andar mas ela estava cansada de se mover, preferia motores ou paredes confortáveis. Eu continuei, subindo as ruas, com as pernas e braços. A minha face aberta começou a cicatrizar e já não tinha espaço para sorrir, já tinha pouca forma de respirar. Enfim, cheguei ao cume e voltaram-me a apanhar, com uma corda ao pescoço, para ao menos poder sonhar.

Movimento.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
secret story Confessionário Teresa Guilherme
Opinião. No regresso, Teresa Guilherme pode construir futuro a partir da memória?